Homem leva cadela diagnosticada com câncer terminal para viagem de ‘despedida’

Homem leva cadela diagnosticada com câncer terminal para viagem de ‘despedida’

Inicialmente, um diagnóstico de câncer nos ossos. Como dura consequência, a amputação de uma pata. Mas, em seguida, a doença se alastrou para os pulmões. O que fazer? Viajar pelos EUA em uma jornada de “despedida”.

Assim o veterinário da Marinha Robert Kugler, de Nebraska, decidiu passar seus últimos meses ao lado de Bella, sua labradora de 9 anos, adotada por ele ainda filhote. “É a mais bela relação que já tive com alguém. Não me importa que seja uma cadela”, disse Kugler à “CNN”, enquanto cruza o país. No momento, a dupla passa pela Flórida, a bordo do carro do veterinário, registrando tudo, claro, no Instagram.

EUA Nebraska homem cadela cancer viagem2

EUA Nebraska homem cadela cancer viagem3

EUA Nebraska homem cadela cancer viagem4

Descoberto em novembro de 2015, o câncer de Bella foi o estopim para Kugler dar início à longa viagem: “Eu só não queria chegar em casa um dia e vê-la sem vida”.

Com tempo de vida estimado entre três e seis meses, Bella já ultrapassou a previsão estipulada pelos veterinários. Mas para Kugler, somente uma coisa importa: ele estará ao lado de sua melhor amiga quando for a hora de partir.

EUA Nebraska homem cadela cancer viagem5

EUA Nebraska homem cadela cancer viagem6

“Eu quero inspirar as pessoas a partir e viver. A nos amar uns aos outros pelo que somos e fazer amigos”, declarou o tutor de Bella à “CNN”.

EUA Nebraska homem cadela cancer viagem7

Fonte: Extra

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.