Homem maltrata mula e deixa animal ser comido vivo por urubus em Guaratinguetá, SP

Homem maltrata mula e deixa animal ser comido vivo por urubus em Guaratinguetá, SP
Polícia Ambiental

Um homem foi multado em R$6 mil por maus-tratos a uma mula na tarde desta segunda-feira (22), em Guaratinguetá. Uma equipe da zoonose e da Polícia Militar Ambiental encontrou o animal ainda vivo no bairro Mato Seco, mas caído no chão e com o globo ocular comido por urubus.

O veterinário acionado ao local constatou que a mula não apresentava movimentos e nem sensibilidade nas pernas da frente, devido a possível trauma na coluna ou encefalite viral.

Devido à péssima situação do mamífero, o veterinário realizou o procedimento de eutanásia.

Dócil por natureza, a mula é resultado de cruzamento entre égua e burro (ou asno).

O responsável pelo mamífero foi localizado e conduzido ao distrito policial da Guará, onde foi ouvido pelo delegado e liberado. Ele vai responder pelo crime de maus-tratos e pagar multa ambiental de R$6 mil.

Polícia Ambiental
Polícia Ambiental

Por Ana Lígia Dal Bello

Fonte: Meon

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.