Homem mata cachorra enforcada em praça pública em Lagoa do Barro do Piauí

Homem mata cachorra enforcada em praça pública em Lagoa do Barro do Piauí

Uma cadela foi morta enforcada, na última quarta-feira (19), no povoado Umburana, povoado da zona rural do município de Lagoa do Barro do Piauí. O caso gerou revolta na população. A cena foi registrada por pessoas que presenciaram a ação do suspeito, que também foi fotografado por testemunhas.

“Eu sempre tive cachorro. Gosto dos animais. Quando vi aquela cena, me deu um misto de ódio e tristeza”, conta uma pessoa que testemunhou o crime.

O suspeito de cometer o crime é um homem identificado por I. M. Ele foi preso em flagrante, ainda na quarta-feira, mas liberado na noite de quinta-feira (20), após decisão judicial.

O caso é investigado pelo delegado da Delegacia de Polícia Civil de São João do Piauí, José Wellington Rodrigues. Segundo o delegado, as investigações sobre o caso continuam, mesmo com a soltura do acusado.

“O sujeito foi conduzido e autuado em flagrante por ter enforcado o animal, colhemos as provas e comunicamos ao juiz que resolveu conceder a liberdade provisória pra ele. O juiz entendeu que não havia requisitos para a prisão preventiva. O procedimento segue na delegacia até o relatório final do inquérito policial”, explicou o delegado.

Delegado José Wellington
Delegado José Wellington

O suspeito vai responder pelo crime de maus-tratos a cães e gatos, a lei 14.064/20, determina que a prática de abuso, maus-tratos, ferimento ou mutilação a cães e gatos será punida com pena de reclusão, de dois a cinco anos, além de multa e proibição de guarda.

Fonte: OitoMeia

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.