Homem mata cachorro a facada e acaba detido pela polícia em Castelo do Piauí (PI)

Homem mata cachorro a facada e acaba detido pela polícia em Castelo do Piauí (PI)

Tutora do animal afirma que o bicho estava dormindo quando foi esfaqueado. Agressor foi preso e liberado após prestar depoimento na delegacia.

PI Castelo do piaui cachorro3

Um homem de 48 anos foi preso na segunda-feira (18) suspeito de agredir um cachorro até a morte com um golpe de faca na cidade de Castelo do Piauí, a 190 km de Teresina. O animal estava na rua quando foi esfaqueado. A tutora acionou a Polícia Militar e o agressor foi conduzido para a delegacia da cidade.

De acordo com o delegado Laércio Evangelista, que responde pela delegacia de Castelo do Piauí, o suspeito foi interrogado e alegou que o cachorro teria partido em sua direção. “O que ele alega é que o cachorro avançou nele e que ficou com medo de ser mordido pelo animal”, disse o delegado.

A faca utilizada no crime foi apreendida e permanece na delegacia. Um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por maus tratos foi feito e o suspeito acabou liberado logo em seguida. Segundo o delegado, ele responderá pelo delito em liberdade e deverá pegar uma pena alternativa.

“Ele ficará em liberdade e depois vai ser chamado no Fórum, onde deverá ser definida alguma pena alternativa pelo delito cometido”, explicou.

Ainda de acordo com o delegado, o agressor era vizinho da tutora do animal. Segundo ele, a tutora Francisca Dora esteve na delegacia bastante abalada e chorava pela morte do bicho de estimação. Em entrevista ao G1, ela falou sobre o caso e disse que o animal só ficava bravo quando alguém o irritava.

“Ele passou aqui e ficou irritando o animal, depois saiu, foi pegar a faca e voltou. Quando ele voltou o cachorro já estava dormindo e ele só deu uma facada certeira no pescoço. O cachorro é uma vida. Ele ia fazer oito anos em setembro e eu o criava como um filho”, desabafou a dona de casa.

Este não é o primeiro caso de agressão a animais registrado na região Norte do Piauí este ano. Na semana passada, uma cadela foi vítima de maus tratos e teve o rabo cortado. Em março, um homem foi preso em Parnaíba após enfiar um espeto artesanal na garganta de um gato.

De acordo com a advogada Savina Moura, da ONG 7 Vidas, a pena prevista para maus tratos a animais varia de três meses a um ano de prisão, podendo aumentar em caso do animal vir a óbito.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.