Cadelinha Princesa no dia da agressão e depois, quando recebeu alta (Foto: Redes sociais)

Homem que golpeou cadela Princesa com marreta em Lajeado (TO) é denunciado criminalmente pelo MPE

Morador de Lajeado, o pintor Pedro César França foi denunciado criminalmente nesta sexta-feira, 22, pelo Ministério Público Estadual (MPE) por ter desferido um golpe de marreta na cabeça de sua cadela, chamada Princesa, em dezembro do ano passado. Agressão ao animal chocou os moradores da cidade, que se mobilizaram para socorrer o animal. Uma vaquinha na época chegou arrecadar R$ 11 mil, muito acima do valor do tratamento – R$ 1,9 mil. A diferença foi doada para ONGs de defesa dos animais de Palmas e Porto Nacional.

Jogou tinta vermelha para disfarçar

Pedro César França chegou a jogar tinta vermelha sobre o animal para disfarçar o sangue e os ferimentos. Não adiantou. Ele acabou preso pela Polícia Militar. O agressor está respondendo por praticar maus-tratos, ferir ou mutilar animal doméstico, crime tipificado no artigo 32 da Lei nº 9.605/1998 (Lei de Crimes Ambientais).

Paralisia unilateral

Segundo o laudo clínico emitido pelo médico veterinário que prestou atendimento, a cadela apresentou ferimentos e cortes na região da cabeça, com fratura do crânio, inflamação nasal com muito sangramento e uma protusão traumática no olho. O médico ainda suspeitou de lesão cerebral, já que a cadela apresentou paralisia unilateral.

Por Cleber Toledo

Fonte: Coluna do CT

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.