Homem que matou cães e gatos de vizinhos em BH é condenado

Segundo o MPMG, acusado atacava cães e gatos de suas vizinhas por se sentir incomodado pelos latidos e miados dos animais.

Um homem acusado de abusar, maltratar e matar animais domésticos no bairro Esplanada, na região Leste de Belo Horizonte, foi condenado a cumprir pena de prestação de serviços à comunidade. Os crimes ocorreram entre 2012 e 2013. A denuncia partiu do Ministério Público de Minas Gerais e inicialmente a justiça havia determinado que o agressor tivesse pena de três meses e 15 dias de detenção, decisão substituída pela restrição de direitos. A.L.A. terá que cumprir uma hora de tarefa para cada dia de condenação e pagamento de multa.

De acordo com investigações do MPMG, o acusado demonstrava desprezo pelos animais domésticos e, constantemente, atacava cães e gatos de suas vizinhas, fatos testemunhados por pessoas do bairro.

“Ele arremessava pedras e galhos contra os animais, pois se sentia incomodado pelos latidos e miados”, conta a promotora de Justiça de defesa do Meio Ambiente Lílian Maria Ferreira Marotta Moreira. O julgamento ocorreu no Fórum de Belo Horizonte e a pena foi determinada pelo juiz Luiz Fernando Nigro Correa.

Não bastassem os maus-tratos, o MPMG suspeita que, em maio de 2012, o homem matou uma cadela e dois gatos utilizando pedaços de carne com veneno. “Embora não haja um prova direta do seu envolvimento com a morte dos animais, a sua raiva em relação a eles justifica e ampara as suspeitas de ter sido o homem o autor dos envenenamentos”, explica Lílian Marotta.

Fonte: O Tempo

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.