Homem que matou covardemente uma égua foi identificado e responderá criminalmente

Homem que matou covardemente uma égua foi identificado e responderá criminalmente

A Polícia Civil através da Delegacia de Polícia de Catanduvas, SC, sob coordenação do delegado André Cembranelli, obteve êxito em identificar o homem que covardemente espancou e matou uma égua no dia 24 de dezembro de 2016 na cidade de Catanduvas.

O fato gerou grande repercussão na cidade pela violência cometida contra o animal que teve seus dentes e focinhos quebrados, hemorragia pelos ouvidos e além de ter parte de seu couro arrancado. O autor da barbárie escreveu na sua pele “ O Dono é próximo FDP”

Após diversas diligências a Polícia obteve êxito em identificar o autor de fato tão repugnante, sendo que em seu interrogatório o indivíduo confessou a autoria do crime, afirmando que tomou atitude num momento de raiva, pois o tutor da égua estava lhe devendo R$300, desde o mês de outubro. Após ouvido o investigado foi compromissado a comparecer no dia 27 de março de 2017 no Juizado Especial Criminal de Catanduvas.

O autor responderá pela prática do crime de maus-tratos contra animais, cuja a pena prevista é de detenção de 3 meses a um ano, podendo ser aumentada de um sexto a um terço em razão da morte do animal.

Fonte: Michel Teixeira (com informações da Polícia Civil)

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.