Homem que matou o cão do seu inquilino recebe um ano de prisão

Homem que matou o cão do seu inquilino recebe um ano de prisão
Robert Nicholson foi sentenciado pela morte do cão do seu inquilino em 2015 (Imagem cortesia: Facebook)

Robert Nicholson recebeu uma sentença de um ano e 18 meses de condicional após ser declarado culpado pela morte cruel do cão do seu inquilino.

O corpo de Chevy, um cão mestiço de border collie, foi encontrado enterrado no quintal de uma casa em um bairro de Renfrew, no Canadá, em março de 2015.

Nicholson foi acusado de ter matado o cão com um machado e uma faca em uma crise de raiva causada pela briga devido a um aluguel atrasado.

Sob os termos de sua condicional, Nicholson está proibido de ter qualquer cão, gato ou aves em um período de cinco anos. Em adição, uma proibição de posse de armas foi aplicada por 10 anos, e Nicholson também está passando por acompanhamento psicológico.

Ativistas dos direitos dos animais foram rápidos ao comentarem sobre a sentença.

“Eu estou muito feliz por ele ter pego um tempo na prisão, e eu estou mais feliz ainda pelo fato de que o juiz não quis ouvir suas reclamações sobre como ele tem hiperatividade e déficit de atenção e que essa foi a razão pela qual ele fez essa coisa horrível”, disse Heather Anderson, da organização Daisy Foundation. “As pessoas que fazem esse tipo de coisa com animais devem ser julgadas e sentenciadas com a pena mais alta possível, e estou feliz em ver que as pessoas estão começando a perceber que animais são como nós e eu acredito que eles devam ser protegidos da mesma forma que nós somos”.

Anderson está decepcionada que a proibição da posse de animais foi somente de cinco anos, mas o juiz do caso decidiu que era suficiente devido aos termos da condicional.

O cão foi morto com um machado e uma faca e enterrado no quintal

Por Cynthia Roebuck / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: CTV News Calgari

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.