Homem que matou seu gato é condenado a 2 anos de prisão na Costa Rica, mas tem pena suspensa

Homem que matou seu gato é condenado a 2 anos de prisão na Costa Rica, mas tem pena suspensa
Em novembro de 2019, Sabório jogou seu gato a quase 30 metros do sexto andar de um condomínio na capital San Jose.(Representacional/Arquivo)

Um homem na Costa Rica que matou seu gato de estimação Ochi ao arremessá-lo de uma janela do 6º andar recebeu uma pena suspensa de dois anos na segunda-feira.

Gabriel Saborio, 31, foi condenado por crueldade animal no país da América Central e a juíza Tatiana Lopez proferiu a pena máxima possível, embora o tenha poupado de cumprir pena.

Ela disse que Sabório pode não ter mais animais de estimação e que se ele evitar cometer crueldade contra animais nos próximos cinco anos, ele não irá para a prisão.

Em novembro de 2019, Sabório jogou seu gato a quase 30 metros do sexto andar de um condomínio na capital San Jose.

Mas foi só em agosto de 2020 que uma investigação foi aberta depois que o vídeo do evento se tornou viral nas mídias sociais.

A Costa Rica aprovou sua primeira legislação de proteção animal em 2017.

Fonte: Plu7


Nota do Olhar Animal: Condenar e suspender a pena é um incentivo à impunidade. Pensamos que pelo menos parte da pena de reclusão deveria ser cumprida para que fosse efetiva.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.