Homem que montava armadilhas para animais silvestres é preso na Bahia

Homem que montava armadilhas para animais silvestres é preso na Bahia

Um quati e uma paca – ambos  animais silvestres e de caças proibida – foram encontrados abatidos por equipes da Companhia Independente de Polícia e Proteção Ambiental (Cippa) de Porto Seguro, no Sul da Bahia, durante fiscalizações, na manhã de terça-feira (2), em Eunápolis. Uma espingarda e material para armadilha foram apreendidos com um caçador que atuava de forma irregular. As informações são da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

A polícia atendia a uma denúncia de que um homem montava um cerco para capturar os animais, na localidade conhecida como Projeto Sapucaia, zona rural de Eunápolis, quando encontraram o suspeito.

“Não demoramos em localizá-lo. Na abordagem notamos que ele estava com uma espingarda, oito equipamentos semelhantes a arma de fogo para que pudesse montar armadilhas, um facão e os dois animais abatidos”, contou o comandante da Cippa/Porto Seguro, major Márcio Luiz Santos Blanco.

O oficial ainda pontuou que a caça de animais silvestres é realizada para o comércio ilegal. “Nós temos unido forças para combater esse tipo de crime em toda a Bahia. Contamos com o apoio da população denunciando”, reforçou Blanco.

Encaminhado para a Delegacia Territorial (DT) de Eunápolis juntamente com os animais e materiais apreendidos, o criminoso, segundo o titular da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Eunápolis), delegado Moisés Nunes Damasceno, “foi flagrante por porte de arma de uso permitido e caça ilegal de animais”. O caçador segue custodiado e à disposição da Justiça.

Fonte: Correio 24 Horas

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.