Homem que quebrou pata de cachorro é identificado pela GM e obrigado a custear tratamento do animal

Homem que quebrou pata de cachorro é identificado pela GM e obrigado a custear tratamento do animal

Há cerca de 30 dias, um cachorro foi agredido pelo próprio tutor e teve uma das patas quebradas no Bairro Santo Onofre, em Cascavel, PR.

Dez dias após o ocorrido, uma denúncia foi, então, feita para a equipe da Patrulha Ambiental da Guarda Municipal. O servidores lograram êxito em localizar o indivíduo e também o animal ferido, nas proximidades do Estádio Olímpico.

O animal havia ficado pelo período de dez dias com a pata quebrada, sem receber qualquer tipo de cuidado.

O cachorrinho foi levado até uma clínica veterinária onde, enfim, recebeu os cuidados necessários. Foram 18 dias de internamento. Todo este processo foi acompanhado pela veterinária da Secretaria de Meio Ambiente do município.

A equipe da GM notificou, então, o indivíduo, autor da agressão, por crime de maus tratos a animais e o submeteu a assinatura de um termo no qual o homem se responsabilizaria por custear o tratamento do animal na clínica, cujo valor ficou em cerca de R$ 3.300,00.

Agora, o animal, que já não vive mais com o agressor, está sob os cuidados de uma ONG e futuramente será disponibilizado para adoção.

Whatsapp CGN 9.9969-4530 – Canal direto com nossa redação – Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Por Luiz Oliveira

Fonte: CGN 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.