Homem que torturou gata na Colômbia deverá pagar multa de $13 milhões de pesos

Homem que torturou gata na Colômbia deverá pagar multa de $13 milhões de pesos
Foto: Alcaldía de La Estrella

Num ato de repúdio ao recente caso de crueldade animal que abalou a comunidade de La Estrella, na Colômbia, as autoridades municipais responderam com firmeza. Na segunda-feira, 13 de maio, após uma rápida intervenção motivada pela denúncia que se tornou viral nas redes sociais, foi realizada uma audiência a um cidadão por abuso de animais.

Multa milionária e processo judicial por maltratar a gatinha

O foco desta atenção foi uma gata, vítima de tratamento desumano no setor de Pueblo Viejo. O ato de tortura com água, documentado em um vídeo que indignou milhares de pessoas, desencadeou uma série de ações por parte das autoridades locais.

A resposta foi imediata. Os responsáveis enfrentaram a justiça e receberam uma sanção exemplar: multa de treze milhões de pesos (aproximadamente 18 mil reais). Mas a medida não parou por aí. O caso foi transferido ao Ministério Público para que as medidas correspondentes sejam aplicadas de acordo com a Lei 1.774 de 2016, que estabelece penas severas para quem violar a integridade dos animais.

A gatinha, agora sob os cuidados amorosos do centro de bem-estar animal ARCA – Animals Recovered With Love – está recebendo os cuidados médicos e veterinários que merece. O seu estado, embora delicado, é estável, graças ao esforço incansável da equipa dedicada à sua recuperação.

Por Juliet Jiménez / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: H13N