Homem resgata cachorro esquelético da estrada e não segura a emoção

Homem resgata cachorro esquelético da estrada e não segura a emoção
As imagens do cachorro são de cortar o coração (Foto: kolakariola/Zoorprendente)

Um socorrista responsável por salvar um cachorro abandonado para morrer na beira da estrada não conseguiu segurar a emoção ao segurar o bichinho. O homem é Kola Kariola, da Romênia. Ele dedica sua vida ao salvamento de animais, especialmente aqueles que estão em perigo, doentes ou sofrem com negligência e indiferença.

Tanto ele quanto sua esposa se encarregam de levar os animais para sua própria casa e cuidar deles. Kariola ficou chocado ao ver o cachorrinho aterrorizado na beira da estrada. Quando chegou lá e tentou pegá-lo, seu coração parou.

Quando ela se curvou e quis pegá-lo em seus braços, ele sentiu o corpo magro do pet e não pôde conter as lágrimas. “Foi como carregar um saco de ossos, ele foi simplesmente reduzido a um esqueleto vivo depois de ser abandonado e passar fome por quem sabe quantos dias”, disse Kariola, em choque.

Parece cruel demais, que certamente muitas pessoas passaram pelo cachorro faminto e assustado, e ninguém foi capaz de parar para ajudá-lo. “As pessoas que não deram uma mão a este pobre cachorro devem ter corações de pedra”.

Mas, felizmente para o cachorro, seu anjo chegou a tempo de carregá-lo, colocá-lo em seu carro e levá-lo para casa.

Conquistando aos poucos

Entretanto, o pobre cãozinho estava absolutamente aterrorizado com tudo e com todos. Qualquer humano que se aproximasse dele era sinônimo de estar em alerta caso lhe fizessem algo ruim.

Felizmente, o amor venceu. Kariola conseguiu dar um banho no cachorro, para se livrar da sujeira. Quando o cãozinho parecia um pouco mais confiante, ele o beijou e o encheu de abraços. Assim, o pet se apaixonou imediatamente por ele. Quando os beijos começaram, o cãozinho finalmente confiou em seu herói.

Após o banho, o cachorro ganhou comida e recebeu um cobertor e uma cama quente onde finalmente podia se deitar. Foi provavelmente a primeira vez em muito tempo que ele experimentou algo parecido com isto. Kariola decidiu que não poderia partir seu coração com mais mudanças em sua vida, então ele o adotou de vez.

Fonte: Zoorprendente via Tribuna de Jundiaí

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.