Homem sequestrou cachorros na BA para pagar parte de dívida, diz polícia

Homem sequestrou cachorros na BA para pagar parte de dívida, diz polícia
Cachorros foram devolvidos para a tutora nesta sexta-feira (Foto: Alan Oliveira / G1)

O adestrador que sequestrou quatro cães da raça shih tzu, em Salvador, na quarta-feira (15), usou os animais para pagar parte de uma dívida no valor de R$ 2 mil, segundo informações da Polícia Civil. Marcelo Silva Santos, 31 anos, foi encontrado nesta sexta-feira (17), na casa onde mora, no bairro de Periperi, após denúncia da pessoa que estava com os cachorros. Ele foi levado à delegacia, onde prestou depoimento e foi liberado.

Homem foi preso após sequestrar cachorros para pagar dívida em Salvador (Foto: Alan Oliveira / G1)

De acordo com o delegado Antônio Carlos Magalhães Santos, titular da 12ª Delegacia (Itapuã), Marcelo confirmou que trabalha como adestrador e disse que entregou os animais e teve R$ 1.500 abatidos do débito. A identidade da pessoa que recebeu os cães como pagamento e a origem da dívida não foram divulgados pela polícia.

Conforme o delegado Magalhães, o adestrador irá responder por estelionato, pois aplicou um golpe na tutora dos animais ao fugir com eles.

Durante depoimento, Marcelo disse que estava arrependido por ter sequestrado os animais. “Estou arrependido. Queria pagar minha dívida”, contou.

Imagens de câmeras de segurança registraram momento em que adestrador saiu de condomínio (Foto: Reprodução/ TV Bahia)

Os cachorros, um casal e dois filhotes, com idades entre 4 meses e 3 anos, foram entregues à polícia pela pessoa com quem eles estavam. A dona dos animais, Alda dos Reis, foi buscá-los na unidade policial e contou que estava desesperada com o sumiço dos cães.

“Foi horrível. Estava tomando remédio para me acalmar. Estava desesperada, não conseguia comer. Fiquei muito preocupada sem saber onde estavam meus filhos. A casa é deles”, disse.

Segundo Alda, que é gerente comercial, o adestrador sumiu após levar os animais para passear na quarta-feira. Ela contratou o serviço do suspeito após ver o anúncio dele em um site. A gerente disse ainda que estava em contato com o adestrador há três dias. “Ele sumiu. Ligava para ele e só caía na caixa. Até do Whatsapp ele desapareceu. Desativou a conta. Não consegui mais falar com ele”, explicou.

Caso

Um dos cãezinhos que estava desaparecido (Foto: Arquivo Pessoal)

A tutora dos cães percebeu o sumiço dos animais após o adestrador sair com eles e não retornar ao condomínio da cliente, que mora no bairro de Itapuã.
Câmeras de segurança do local registraram o momento em que o suspeito deixa o condomínio com os cachorros.

De acordo com Daniele Sales, prima da tutora dos cães, essa foi a primeira vez que a prima contratou o serviço do adestrador.

Ao perceber a demora no retorno do cachorros, a tutora dos animais tentou falar com o suposto adestrador por telefone, mas não conseguiu. A tutora dos cães ficou muito abalada com o desaparecimento dos animais e chegou a ser internada por conta do ocorrido.

Cachorros foram levados de casa por adestrador na quarta-feira e devolvidos à tutora nesta sexta (Foto: Arquivo Pessoal)

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.