Homens podem ir para prisão após matarem sucuri a facadas

Homens podem ir para prisão após matarem sucuri a facadas

A Polícia Civil identificou nesta segunda-feira (11) três homens suspeitos de envolvimento na morte de uma sucuri em Lins (SP), no último sábado (9). Os homens foram identificados em um vídeo que está circulando nas redes sociais e um deles foi ouvido nesta tarde pela polícia.

Nas imagens, um dos homens aparece arrastando a cobra pelo rabo em uma das ruas do Jardim Bom Viver V. Um outro se aproxima e, para se defender, o animal dá uma mordida no braço dele.  Segundo a polícia, um terceiro homem se aproxima com uma faca e dá vários golpes na sucuri, que acaba morrendo.

De acordo com delegado João Pandolfi, que investiga o caso, foram identificados o rapaz de 21 anos que faz a filmagem, o jovem de 23 anos que dá os golpes de faca na sucuri e o homem de 37 anos que é mordido pela cobra.

Os três vão ser investigados por crime de maus-tratos, que tem pena que varia de 3 meses a 1 ano de prisão e que pode ser aumentada pelo fato da cobra ter morrido, e crime ambiental, além de terem que pagar multa de R$3,5 mil cada um.

“Eles vão responder pelo crime de maus-tratos porque eles foram até uma área de mato para pegar a cobra, a arrastaram pelo asfalto em um dia quente e, por isso, houve o ataque do animal, para se defender”, explica o delegado.

Ainda segundo o delegado os outros dois suspeitos que não foram ouvidos serão intimados a prestar depoimento nos próximos dias. Todos respondem pelos crimes em liberdade.

Fonte: Meio Norte

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.