Horto do Fonseca vai oferecer castração e consultas veterinárias gratuitas

O Horto do Fonseca, em Niterói, terá um novo Centro de Controle Populacional de Animais Domésticos para a castração gratuita de cães e gatos, dentro de cerca de dois meses. O local, que está quase pronto, terá dois centros cirúrgicos equipados, uma sala para preparação cirúrgica e outra para cuidados pós-cirúrgicos, além canis para abrigar os animais que aguardarão o procedimento. Em média, 15 animais devem ser atendidos por dia na clínica e 20 serão operados. Em tempo: a castração e as consultas deverão ser agendadas com antecedência.

O espaço vai ocupar uma área de mais de mil metros quadrados dentro do horto. Com o serviço, a Prefeitura de Niterói espera aumentar o número de animais castrados na cidade, contribuindo assim com a diminuição dos casos de abandono. De acordo com a administração municipal, a meta é de realizar 300 atendimentos por mês e, mais pra frente, oferecer cursos de banho e tosa, destinados a jovens moradores de comunidades carentes.

O Centro de Controle promete transformar o Horto do Fonseca em um dos locais mais atrativos para os animais de estimação na cidade. Ano passado, por exemplo, o lugar recebeu um ParCão (área livre cercada destinada para os cães) com 400 metros quadrados. De vez em quando, o lugar tem recebido a Cãoterapia, que trabalha o os contato entre cachorros e pessoas debilitados ou com algum tipo de deficiência, além de campanhas de adoção de animais.

O horto também virou um local para festas caninas: nos finais de semana, algumas pessoas têm aproveitado para realizar encontros temáticos e aniversários para prestigiar seus filhos e amigos peludos.

Por Mariana Costa 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.