Hospedaria já está recebendo os cavalos recolhidos em Sapiranga, RS

Hospedaria já está recebendo os cavalos recolhidos em Sapiranga, RS

Sapiranga – No início de abril, foi aberta a licitação para a contratação de uma empresa de prestação de serviço de hotelaria com hospedagem e alimentação, bem como a avaliação veterinária para equinos. Essa contratação é uma das medidas de adequação para a Lei Municipal nº 6.609, de 04/08/2020, que prevê a redução gradativa do número de veículos de tração animal no perímetro urbano.

A empresa contratada é uma cabanha, que fica na zona rural de Sapiranga, e prestará o serviço através da Secretaria de Saúde. A contratação foi efetivada no final de maio, com validade de 1 ano e podendo ser prorrogada. O projeto também prevê atividades recreativas, como passeios e caminhadas, sempre observando as condições e individualidades de cada animal. Esse é um passo importante na implantação do Projeto Viver, visto que os animais recolhidos do trabalho com carroças ou os que são resgatados, vítima de maus-tratos, precisam de um local adequado para abrigo.

Em relação ao contrato celebrado com o Município de Sapiranga, estão sendo atendidos 10 cavalos (quantitativo máximo previsto no contrato). Cada animal tem seu histórico próprio e, segundo suas condições, é tratado.

Em março, ocorreu alteração no calendário da medida e foi decidida a redução gradativa da circulação de carroças até dezembro deste ano e proibição definitiva em dezembro de 2022.

Os cavalos são abrigados após recolhimento em razão de maus-tratos e vulnerabilidade, e permanecem para tratamento pela equipe veterinária. Além do tratamento médico, os animais recebem alimentação adequada, além da melhora na qualidade de vida, já que não estão mais sendo usados para o trabalho pesado. Depois que os animais se recuperarem, eles ficarão disponíveis para adoção. Quem tiver interesse em adotar, pode fazer um cadastro na Secretaria da Saúde.

Fonte: Jornal Repercussão

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.