SP presidenteprudente displasia thumb

Hospital Veterinário oferece tratamento para cães com doença degenerativa

Displasia coxofemoral afeta as patas traseiras, prejudicando a locomoção do animal. O atendimento é oferecido gratuitamente em Presidente Prudente, SP.

SP presidenteprudente displasia

O Hospital Veterinário de uma universidade de Presidente Prudente oferece tratamento contra a dor para os cães portadores de displasia coxofemoral (doença articular degenerativa). O atendimento é gratuito e de acordo com o professor de cirurgia em pequenos animais, Gabriel Montoro Nicácio, o projeto não tem previsão para encerrar neste ano.

A doença pode ocorrer em todos os tipos de raça e porte de cães, embora seja mais comum em cachorros grandes, como os labradores e rottweilers. A displasia coxofemoral afeta as patas traseiras do animal, prejudicando a locomoção. Sendo assim, para saber se o cão sofre com a doença, o dono deve ficar atento se o cachorro tem dificuldade para andar, levantar, sentar ou subir escadas.

Conforme a Dra. Renata Navarro Cassu, uma das coordenadoras do projeto, o tratamento consiste na avaliação, radiografia e exame de sangue dos animais. Constatada a doença, haverá o encaminhamento para tratamento contra a dor. Tanto os exames quanto o tratamento não têm custo para o dono. Caberá apenas ao tutor do animal o preenchimento de um questionário em casa.

Serviço

Tutores interessados no tratamento de seus cães devem entrar em contato com a secretaria do Hospital Veterinário da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) pelo telefone (18) 3229-2035.

Fonte: iFronteira

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.