Hospital Veterinário Público de Osasco (SP) realizou 140 atendimentos nos primeiros quatro dias

Hospital Veterinário Público de Osasco (SP) realizou 140 atendimentos nos primeiros quatro dias

Uma média de 35 atendimentos por dia vem sendo realizada no Hospital Público Veterinário de Osasco. Instalado no Pet Parque, no Jardim Wilson, ele foi inaugurado no último sábado. Já essa média de atendimentos, contabilizada pelo Departamento de Bem-Estar Animal, corresponde aos registros entre segunda e quinta-feira desta semana. Com isso, 140 animais já foram atendidos. Nesse mesmo período, foram registrados ainda  10 retornos – para acompanhamento de atendimentos – e também 10 casos de emergência. Já os atendimentos mais realizados foram de cirurgia para piometra  – tratamento de infecção uterina em cadelas e gatas, retirada de miíase (popularmente conhecida como bicheira) e tratamentos de parvovirose – infecção gastrointestinal causada por vírus.

Segundo a prefeitura, os atendimentos estão dentro da capacidade da unidade.  O Hospital Público Veterinário de Osasco é o primeiro da cidade e atende de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.  Ele recebeu o nome de “Manchinha”, em homenagem ao cão de rua que morreu após agressão no estacionamento do Carrefour Osasco, em novembro do ano passado. O atendimento é feito por ordem de chegada. E há prioridade para animais de moradores da cidade. Por isso, é preciso levar documento de identidade e comprovante de endereço.  Na unidade são realizadas consultas, exames e pequenas cirurgias.

Ela é administrada pela ANCLIVEPA (Associação de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais), escolhida por meio de chamamento público. O hospital conta com sala de espera, uma de infecto, dois consultórios, um refeitório para funcionários, dois banheiros (feminino e masculino) e centro cirúrgico.  Já até maio começa a funcionar a segunda unidade, que será implantada no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), na Zona Norte, onde serão realizados exames e cirurgias de maior complexidade.

Fonte: Webdiario 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.