Ibama apreende no aeroporto de Cumbica mais de mil jabutis que seriam exportados para Taiwan

Ibama apreende no aeroporto de Cumbica mais de mil jabutis que seriam exportados para Taiwan
Jabutis apreendidos no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, pelo Ibama. — Foto: Divulgação

O Ibama interceptou nesta quarta-feira (16) no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, duas cargas com cerca de mil jabutis da espécie Chelonoidis carbonaria que seriam exportados para Taiwan.

Os animais originários da Bahia seriam exportados em voo que partiu de Salvador e teria o embarque internacional para China em São Paulo, mas as cargas não tinham a documentação de comprovação de origem.

“No procedimento fiscalizatório foi identificado que as cargas estavam em desacordo com a autorização emitida pelo Ibama por não ter a origem comprovada, uma vez que os animais não possuíam marcação individual”, disse um comunicado do Ibama.

Os jabutis apreendidos no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, pelo Ibama. — Foto: Divulgação/Ibama
Os jabutis apreendidos no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, pelo Ibama. — Foto: Divulgação/Ibama

A empresa responsável pelas cargas foi autuada com uma sanção administrativa no valor de R$ 5 milhões, de acordo com o órgão, e o Ministério Público deve autuar os donos por crime ambiental.

Os jabutis foram encaminhados ao Zoológico de São Paulo. Segundo o Ibama, o valor dessas espécies no mercado chinês varia de 20 a 100 dólares a unidade, dependendo do tamanho e das características do bicho.

Por Beatriz Backes, TV Globo — São Paulo

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.