Ibama inicia Operação Amazona/Bicho do Mato de combate ao tráfico de animais silvestres

O Ibama iniciou, no município de Itaobim, Minas Gerais, a Operação Amazona/Bicho do Mato. O objetivo é coibir o tráfico de animais silvestres no estado. No primeiro dia de fiscalização já foram apreendidos 51 pássaros silvestres, 48 gaiolas, quatro alçapões, um viveiro, uma tarrafa e uma arma de fogo. Além disso, foram lavrados nove autos de infração.

A operação começou nessa quarta-feira (24) e é realizada pela Superintendência do Ibama em Minas Gerais. Conta também com a participação da Polícia Militar Ambiental, da Polícia Rodoviária Federal e a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad).

Tráfico de animais silvestres

O comércio de vida silvestre, incluindo a fauna, a flora e seus produtos e subprodutos, é considerada a terceira maior atividade ilegal no mundo, atrás apenas do tráfico de armas e de drogas.

Levando em consideração apenas o tráfico de animais silvestres no Brasil, é estimado que cerca de 38 milhões de exemplares sejam retirados anualmente da natureza e que aproximadamente quatro milhões deles sejam vendidos.

Baseado em dados sobre animais capturados e o seu preço, estima-se que, somente no País, esse comércio movimente cerca de US$ 2,5 bilhões/ano.

Fonte: Jornal Brasil / Ibama

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.