Ibama resgata cobras interceptadas pelos Correios

Ibama resgata cobras interceptadas pelos Correios

Duas cobras foram transportadas como encomenda do Canadá até o Centro de Tratamento Internacional, em Pinhais, onde funcionários dos Correios detectaram a irregularidade.

Ibama e Correios interceptaram no Centro de Tratamento Internacional em Pinhais, através de verificação em aparelho de raio-x, uma encomenda contendo duas cobras vindas do Canadá. Os animais iriam ser entregues no interior do Paraná e encontravam-se bastante debilitados após longo período acondicionados em uma pequena caixa. Eles estavam envoltos em uma meia-calça, junto com bolas de tênis e outros objetos que buscavam confundir as equipes de fiscalização.

As duas cobras chegaram em território brasileiro após uma viagem que dura ao menos doze horas, sendo submetidas a condições de baixas temperaturas no compartimento despressurizado de bagagens da aeronave. O Superintendente do Ibama no Paraná Vinícius Carlos Freire, destacou que a situação mostra a importância do investimento em tecnologia para os órgãos de fiscalização e a parceria entre o Ibama e os Correios. Além disso, ressalta Freire, “mesmo que acostumados em lidar com situações de maus tratos com animais, ficamos chocados com a crueldade e a covardia desse caso.”

A partir dos dados colhidos até o momento, serão adotados os procedimentos necessários para responsabilização dos envolvidos e comunicação à autoridade policial para as devidas investigações. As duas cobras apreendidas foram encaminhadas ao Zoológico de Curitiba para os cuidados veterinários cabíveis. Apesar de os animais terem sido enviados para o Brasil, aparentemente trata-se de exemplares de jiboia, espécie que ocorre no país e figura na lista da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Flora e Fauna Selvagens em Perigo de Extinção – CITES .

O Ibama alerta, ainda, que manter animais silvestres sem autorização dos órgãos competentes é crime ambiental, além de alimentar o círculo vicioso do tráfico de animais. Denúncias para o Ibama podem ser feitas através do telefone 0800-61-8080.

Fonte: A Rede

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.