Disparo teria sido feito após animal atacar galinhas na propriedade do autor

Idoso atira e mata cachorro na zona rural de Andradas, MG

A Polícia Militar apreendeu uma arma na zona rural de Andradas que teria sido utilizada para atirar em um cachorro. Autor, de 65 anos, teria atirado no animal após este atacar galinhas.

De acordo com a PM, militares foram até o Bairro dos Lobos, zona rural, onde uma mulher de 26 anos relatou que teria sentido falta de seu cão após escutar um tiro. Ela afirmou que foi à casa do vizinho, que acabou confirmando ter efetuado o disparo no animal após este atacar e matar algumas galinhas.

Policiais militares foram ao local onde teria ocorrido o disparo e encontraram dois trabalhadores rurais que afirmaram que o pai deles teria sim atirado no cachorro. Segundo as testemunhas, a propriedade vinha sendo constantemente invadida por cães, que já teriam matado várias galinhas. Eles afirmaram ainda que já estavam cansados de alertar os vizinhos sobre esta situação. Os dois informaram aos policiais que ao flagrar o animal atacando uma das galinhas, o pai deles apanhou uma espingarda e efetuou um disparo que acabou matando o animal, que posteriormente foi jogado em um matagal.

Os filhos do autor entregaram à polícia uma espingarda de dois canos calibre 32 que teria sido usada para matar o cão. Policiais realizaram buscas para localizar o autor, mas sem sucesso. A arma foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil.

Fonte: Portal da Cidade

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.