Idoso de 83 anos é indiciado após ser flagrado praticando zoofilia com cadela em Elias Fausto, SP

Idoso de 83 anos é indiciado após ser flagrado praticando zoofilia com cadela em Elias Fausto, SP
Idoso também responde por dois casos de estupro de vulnerável — Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Policiais Civis prenderam um idoso de 83 anos flagrado praticando zoofilia com um cão, em Elias Fausto (SP), na tarde desta quarta-feira (26).

A ação foi realizada depois que um vídeo com o flagrante do ato sexual foi enviado a uma equipe da 2ª Delegacia de Investigações de Entorpecentes, da Divisão Especializada em Investigações Criminais (Deic) de Piracicaba (SP), e a prisão ocorreu por volta das 15h.

A equipe foi até a cidade e localizou a residência do suspeito, que confessou ter realizado a prática por pelo menos duas vezes, segundo o registro da ocorrência.

Os investigadores apuraram que o vídeo foi gravado pelo dono do cachorro, que passou a desconfiar do idoso, que levava o cão para o interior de uma mata e então resolveu segui-lo para conseguir produzir provas do crime.

O dono do animal e a cadela foram localizados e ela passou por exame visual, realizado por membros de uma Organização Não Governamental (ONG). No procedimento, constatou-se leve lesão genital no animal, que vai receber assistência da entidade.

O caso foi registrado na Delegacia de Elias Fausto e o indiciado vai responder por maus tratos a animal em liberdade.

Acusações anteriores
 
Na unidade policial, constatou-se que existem dois boletins de ocorrência de estupro de vulnerável registrados contra o idoso. No primeiro, registrado em 2012, a vítima é seu próprio neto do idoso, que na época tinha 6 anos de idade e teria relatado aos familiares que o avô teria o acariciado e molestado.

No segundo registro, realizado neste ano, consta como vítima uma menina de 4 anos de idade, que também relatou prática de carícias e uso de palavra de cunho sexual.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.