Iguanas enviadas por Correios de SP para MG são apreendidas pela Polícia Civil; animais estavam destinados para veterinário

Iguanas enviadas por Correios de SP para MG são apreendidas pela Polícia Civil; animais estavam destinados para veterinário
Iguanas apreendidas pela Polícia Civil em Governador Valadares — Foto: Polícia Civil

Duas iguanas que foram enviadas por Correios de SP para MG foram apreendidas em Governador Valadares, no leste de Minas. Segundo a Polícia Civil, os animais tinham como destinatário um médico veterinário.

“A PCMG passou a acompanhar a entrega a partir de informação repassada pela coordenação de segurança corporativa dos Correios, que identificou na embalagem, por meio de raio x, possivelmente, dois animais silvestre”, divulgou a polícia por meio do site.

Após a informação, a equipe do Departamento Estadual de Investigação de Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), sediado em Belo Horizonte, acionou a inspetoria de investigadores em Governador Valadares.

Imagem das iguanas obtida por meio de raio x — Foto: Polícia Civil
Imagem das iguanas obtida por meio de raio x — Foto: Polícia Civil

“No momento em que o destinatário estava recebendo a encomenda, os policiais civis o abordaram e solicitaram que ele abrisse a caixa, na qual estavam duas iguanas filhotes.”

Ainda de acordo com a PCMG, o homem foi encaminhado à delegacia, onde foi lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) com base no artigo 29 da Lei de Crimes Ambientais.

“Ao ser ouvido, o veterinário informou que adquiriu as iguanas, pela internet, para a família.”

Com o apoio da Polícia Ambiental, será providenciada a destinação correta dos animais.

Fonte: g1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.