Ilhabela (SP) anuncia ampliação do Centro de Referência Animal

Ilhabela (SP) anuncia ampliação do Centro de Referência Animal
Vice-governador Márcio França participa de evento pela causa animal - Foto: Divulgação/Prefeitura de Ilhabela

A prefeitura de Ilhabela realizou, na manhã desta sexta-feira, 23, o 1º Encontro de Ativistas da Causa Animal no município, ocasião em que o prefeito de Ilhabela Márcio Tenório anunciou a ampliação do Centro de Referência Animal. O evento foi prestigiado pelo vice-governador do estado de São Paulo Márcio França, e por representantes de diversas ONGs, políticos e representantes da sociedade civil que buscam melhorias nas políticas públicas para os animais.

França já esteve no arquipélago, na inauguração do Centro de Referência Animal. Disse ele “Estive aqui na inauguração do CRA e fiz questão de estar novamente aqui hoje. É preciso vocação e sensibilidade para cuidar dos animais, é uma luta muito bonita e agradeço a todos que dispõem do seu tempo para a causa deles.

O prefeito, por sua vez, destacou: “É com grande satisfação que recebo o vice-governador do estado, Márcio França, e futuro governador de São Paulo. A participação dele valoriza muito mais este Encontro Estadual dos Ativistas da Causa Animal”. Tenório falou também sobre a importância do evento para o arquipélago. “É muito gratificante, para Ilhabela, ser palco pela primeira vez de um encontro reconhecido em todo o estado, tanto que conta com a presença de vários prefeitos do litoral norte, Vale do Paraíba, Vale da Ribeira, entre outras regiões. Sem dúvida, esse encontro promoverá o plano de trabalho realizado no nosso Centro de Referência Animal como modelo de implantação em várias cidades”.

Durante a reunião, alguns dos ativistas presentes ao evento fizeram uso da tribuna o sargento Alexandre, acompanhado do mascote Soldado Pitoquinho, do instituto Eu sou o bicho; a médica veterinária Fabrízia Polimeno Bonesso; e o vereador de São José dos Campos Esdras Andrade de Araújo.

O prefeito também entregou ao vice-governador um ofício no qual cobra o atendimento de antigas reivindicações da população de Ilhabela, entre elas, melhorias do sistema de travessia, que, em 2017, foi denunciado frequentemente por ele.

Após o encontro, o vice-governador e o prefeito seguiram em comitiva para o Centro de Referência Animal. “O nosso CRA presta relevante serviço público ao município, oferecendo à comunidade, de forma gratuita e sem qualquer tipo de exclusão, uma série de ações, a exemplo de consultas, exames e cirurgias para cães e gatos de pequeno, médio e grande porte”, finalizou.

Centro de Referência Animal

O Centro de Referência Animal de Ilhabela fica em uma área de cerca 600 metros quadrados, na Barra Velha. A unidade conta com canil, gatil, baia, raio-X, centro cirúrgico, recepção, três consultórios, sala de pré e pós-operatório. Tenório explica: “Recebi uma solicitação da vereadora Maria Salete Magalhães, sobre a compra de um terreno, próximo ao CRA, para a ampliação da área, e vamos atendê-la”.

Atualmente, o CRA presta um inquestionável e relevante serviço público no município, oferecido à comunidade sem qualquer tipo de exclusão, aderindo ao conceito de que Saúde Animal é também Saúde Pública; promove a importância dos cuidados com os animais, a seriedade do controle populacional (cirurgia de castração), vacinação, verminoses, zoonoses e maus-tratos.

Representantes de muitas cidades têm visitado o espaço, referência para toda a região. Entre as ações realizadas, estão o atendimento clínico médico-veterinário, cirurgia de castração, microchipagem, vermifugação, cirurgias ortopédicas e oncológicas; dispõe, também, de exames de imagem como raio-x e ultrassonografia, e eletrocardiograma. Promove durante todo o ano a vacinação antirrábica e ações de adoção, em parceria com a Associação Protetora dos Animais de Ilhabela – Apailha.

A unidade de saúde animal realiza campanhas de doação de sangue animal e o Outubro Rosa Pet. Em 2017, foram realizados mais de 3.620 mil atendimentos, entre consultas agendadas, retornos e triagens. As castrações somam mais de 1.598 procedimentos – uma média de 145 cirurgias por mês.

Fonte: Costa Norte

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.