Foto: Hérica Bortolini

Incêndio causado por fogos de artifício destrói vegetação e mata animais no Parque Ecológico Águas do Guarani, em São Gabriel do Oeste, MS

Um incêndio foi registrado em São Gabriel do Oeste, nesta segunda-feira (02), no Parque Ecológico Águas do Guarani, destruindo boa parte da vegetação e matando alguns animais que vivem no local.

De acordo com informações, o incêndio teria sido causado por faíscas de um fogo de artifício solto por moradores da vizinhança em comemoração a vitória do Brasil contra o México, na Copa do Mundo de Futebol.

O incêndio foi controlado pela equipe da brigada de incêndio da Prefeitura Municipal. Para acionar a brigada de incêndio da Prefeitura, entre em contato através do telefone 067.99606.0586.

O clima seco predominante nesta época do ano influencia para o aumento de focos de incêndios. Neste período de estiagem, tornam-se mais frequentes as queimadas em vegetação.

Autoridades orientam a população para que não jogue ponta de cigarros em locais inapropriados e evite fogueiras, uma vez que as fagulhas podem ser levadas pelo vento e podem espalhar as chamas. Também é recomendável não soltar fogos de artifícios perto de áreas florestais.

O cidadão pode fazer a sua parte e auxiliar na prevenção dessas ocorrências. O trabalho preventivo é muito simples e pode ser executado facilmente, seguindo algumas dicas e orientações:

• Não lançar pontas de cigarro nas vegetações, com a baixa umidade este gesto imprudente aumenta o risco de incêndios;

• Não jogar lixo fora das lixeiras, pois, o vidro e as latas de metal em contato com o sol, podem aquecer e dar origem a um incêndio:

• Não acender fogo perto de vegetação, não utilizar queimada para limpeza de terrenos em uma época muito seca;

• Evite soltar fogos de artifícios próximos de áreas florestais;

• Não faça queimadas, procure outras técnicas de limpeza do terreno;

• Incêndios florestais poluem o meio ambiente, alteram o ecossistema e podem provocar acidentes rodoviários;

• Ao notar um incêndio próximo da rodovia procure telefonar para uma autoridade, isso pode evitar um acidente rodoviário devido à fumaça;

Foto: Hérica Bortolini
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

Fonte: Idest

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.