Indignação na Bolívia por vídeo de abuso animal

Indignação na Bolívia por vídeo de abuso animal

 BOLIVIA base image

O vídeo divulgado no último dia 15 mostra como uma mulher atira repetidas vezes uma pedra contra um cachorro que está pendurado pelo pescoço em uma corda.

Internautas bolivianos mostraram sua indignação e repúdio diante da disseminação no Facebook de um vídeo em que uma mulher tortura um cão que está pendurado por uma corda.

No vídeo chocante, compartilhado pelo usuário do Facebook Diego Fabio, e gravado de uma casa próxima, a mulher atira várias vezes uma pedra (ou tijolo) contra o animal indefeso.

O ato deplorável ocorreu na cidade de Cochabamba, no centro do país altiplânico. Segundo vizinhos das redondezas, a mulher matou o cão porque ele comeu uma de suas galinhas.

Indignados, ativistas a favor dos direitos dos animais protestaram o ato se dirigindo à casa mostrada no vídeo do Facebook para uma vigília, informou o jornal Los Tiempos da Bolívia.

Além disso, com o apoio de agentes da polícia, conseguiram recuperar o corpo do cachorro e resgatar outros animais do imóvel, ainda que estes não mostravam sinais de tortura.

O chefe da unidade de proteção animal da polícia, Sergio Uribe, disse que todavia não se sabe o paradeiro da mulher que cometeu o maltrato contra o animal, mas que já existe uma denúncia contra ela. Devido a este delito não constar no código penal, sua sanção será somente financeira.

Ativistas pelos direitos dos animais organizaram uma caminhada de protesto para a quinta-feira 17 de abril.

 

Fonte: El Comercio

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.