Influenciador digital que gravava animais silvestres ilegalmente é detido pela PF em Natal

Influenciador digital que gravava animais silvestres ilegalmente é detido pela PF em Natal
Animais silvestres eram utilizados em gravação de vídeos por influenciador digital. Foto: PF RN.

A Polícia Federal, em conjunto com o IBAMA, deflagrou a Operação Salamandra buscando localizar animais silvestres e exóticos criados em cativeiro, e que estavam em posse de um influenciador digital sendo utilizados para a produção de conteúdo sem autorização do órgão competente. Nesta terça-feira 31, foi cumprido um mandado de busca e apreensão expedido pela 2ª Vara da Justiça Federal/RN.

Animais silvestres eram utilizados em gravação de vídeos por influenciador digital. Foto: PF RN.
Animais silvestres eram utilizados em gravação de vídeos por influenciador digital. Foto: PF RN.

O investigado foi conduzido para a Superintendência Regional da PF em Natal, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência. Alguns dos vídeos publicados por ele, mostram um Gecko, que é um gênero de réptil escamado da família Gekkonidae, ora em confronto com uma lagartixa, ora em confronto com um Hamster, dentre outros enfrentamentos.

Animais silvestres eram utilizados em gravação de vídeos por influenciador digital. Foto: PF RN.
Animais silvestres eram utilizados em gravação de vídeos por influenciador digital. Foto: PF RN.

Estão sendo apurados crimes contra a fauna, introdução de espécime animal no país sem parecer técnico oficial favorável e sem licença, bem como receptação e incitação ao crime.

Durante a busca, foram encontradas duas muçuãs (tartarugas); animais silvestres da fauna brasileira; dois Axolotes (espécie de salamandra) e um Leopard Gecko (espécie de lagartixa), esses dois últimos, animais exóticos, além de alguns insetos em resina.

O nome da operação faz referência ao Axolote, espécie de anfíbio que não se desenvolve na fase de larva.

Fonte: Agora RN