Cidades do Sul de Minas têm inscrição para castração gratuita — Foto: Cesar Brustolin/SMCS

Inscrições para castração gratuita de cães e gatos estão abertas no Sul de MG

Setores de saúde de cidades do Sul de Minas estão com inscrições abertas para castração gratuita de cães e gatos. Alguns dos municípios que oferecem o cadastro são Lavras e Poços de Caldas (MG).

Em Lavras, as inscrições estão abertas para a população em geral que tenha o Cadastro Único. Quem quiser inscrever o animal deve apresentar o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), o Cadastro Único, um comprovante de residência, além de cópias dos documentos pessoais.

VÍDEO: Inscrições para castração de cães e gatos estão abertas em Lavras, MG

Uma ficha será preenchida com detalhes da família e do cão ou gato a ser castrado. O cadastro é enviado à secretaria de Saúde e colocado no sistema para a fila de espera. A clínica responsável pela licitação entra em contato com o representante do animal e agenda o horário da cirurgia.

“Esse controle da população canina e de gatos é o recomendado pelo Ministério da Saúde, para deter essas doenças emergentes. Então, esse trabalho é muito importante”, explicou o gerente de vigilância em saúde, Júlio César Cardoso.

Os cadastros são feitos no Centro Integrado de Ação Social na rua José Augusto Amaral, número 21. O horário de atendimento é das 8h às 17h.

Entre 2017 e 2018, foram realizadas na cidade mais de duas mil castrações, segundo o setor de Vigilância em Saúde. O trabalho acontece em parceria entre a secretaria de Saúde e a secretaria de Desenvolvimento Social de Lavras.

Poços de Caldas

Em Poços de Caldas, as senhas voltaram a ser distribuídas nesta segunda-feira (21). O Programa Municipal de Castração Animal começou em 2017 e já castrou 5,5 mil cães e gatos. Todos recebem um microchip de identificação.

O chip serve para localizar o domicílio do animal e o responsável, em caso de desaparecimento, por parte do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). O cadastro distribui 100 senhas toda segunda-feira na sede da secretaria municipal de Saúde, na esquina das ruas Pará com Rio Grande do Sul, no Centro.

É necessário apresentar RG, CPF e comprovante de residência do responsável pelo animal. O dono do animal pode escolher entre uma das quatro clínicas autorizadas. O prazo para cirurgia é de até três meses.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.