Internautas denunciam suposta matança de gatos em rede atacadista em MG

Internautas denunciam suposta matança de gatos em rede atacadista em MG

Milhares de internautas repercutiram uma denúncia na última terça-feira (13/08) em Ituiutaba. Tudo começou quando alguém compartilhou uma imagem onde um gato aparece morto dentro de um caixa de papelão. Além disso, um rapaz aparece fazendo um sinal de positivo com uma das mãos. Ele está vestindo o uniforme de uma rede atacadista.

Um print de uma suposta conversa no WhatsApp também foi postada nas redes sociais. Teria sido neste aplicativo que as imagens começaram a circular:

Mensagem 01: Chama o controle de pragas! kkkkkkk

Mensagem 02: Seus malucos

Mensagem 03: O que vocês fizeram

Mensagem 04: kkkk – Estranhos eles

Reprodução do print

Ainda segundo o que foi publicado os funcionários teriam sido, supostamente, orientados para matar os animais.

Uma outra fotografia divulgada mostra quatro supostos funcionários acenando positivamente para a câmera.

A Polícia Civil foi notificada a respeito da denúncia e deve investigar o caso. A empresa citada pelos internautas recebeu vários comentários em sua página no Facebook. Nesta tarde, eles emitiram a seguinte nota:

Considerando o que tem circulado nas redes sociais acerca de um suposto crime de maus-tratos a animais que teria ocorrido em nossa unidade de Ituiutaba, o Mart Minas vem, com a mais profunda consternação e espanto, informar que todos os esforços para apuração dos fatos estão sendo empreendidos pela empresa. Esclarece ainda que os funcionários supostamente envolvidos foram imediatamente afastados de suas atividades.

O Mart Minas tem por princípio básico e política interna a proteção e preservação de todos os seres vivos, promovendo constantes campanhas de conscientização e acolhimento em todas as suas filiais. A morte de um gatinho, independente da causa, é motivo de muita tristeza para todos nós da família Mart Minas e os responsáveis por eventual crime serão punidos com todo o rigor da lei.

O Mart Minas abomina todo tipo de violência e permanece à disposição da sociedade para prestar todos os esclarecimentos necessários.

Fonte: Triângulo Notícias 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.