Interrupção do desmatamento e proteção dos orangotangos na Indonésia

Interrupção do desmatamento e proteção dos orangotangos na Indonésia

Estudos recentes indicam que a expansão de nossas florestas no planeta está em um passo crítico para mitigar as mudanças climáticas. Isto, junto com a conservação de nossas florestas existentes, especialmente aquelas que hospedam uma grande variedade de biodiversidade, como florestas tropicais, é mais importante do que nunca. As florestas tropicais de Bornéu, na Indonésia, abrigam milhões de toneladas de carbono dentro do seu ecossistema, mas preservá-las é vital não só porque seus processos naturais revertem a mudança climática. Esta comunidade ecológica também sustenta uma grande quantidade de biodiversidade, incluindo as espécies criticamente ameaçadas de orangotango borneano no Bukit Baka Bukit Raya National Park (BBBR). Este parque nacional é um dos últimos ecossistemas intactos que podem suportar os orangotangos reintroduzidos, mas a região tem estado sujeita a níveis aumentados de desmatamento e caça nas últimas décadas, devastação da área protegida de 234.624.030 hectares e diminuição da população de orangotangos nos últimos 20 anos. Perder esta floresta, e a população orangotangos dentro dele, significará perder uma outra espécie chave que mantém nosso planeta habitável e saudável.

É por isso que nós da Health In Harmony (HIH) fizemos uma parceria com o International Animal Rescue (IAR) para lançar uma campanha conjunta inovadora chamada Florestas para o Futuro. Pretendemos deter o desmatamento da floresta tropical e salvar as espécies criticamente ameaçadas do orangotango Borneano. A colaboração está reabilitando a população da floresta e do orangotango por meio de uma combinação de reintrodução e de monitoração da espécie, assim como de cuidados veterinários, de treinamentos alternativos para o sustento, e de programas educacionais para povos locais. A campanha, lançada no dia 29 de julho e que ocorreu até o dia 31 de agosto, procurou levantar US$ 50.000 para esses esforços.

Nossa parceria começou em 2016, quando o IAR contatou a HIH para obter assistência na preservação das populações que detêm os orangotangos borneanos no BBBR. Uma organização sem fins lucrativos especializada em saúde planetária, a HIH trabalha com a comunidade para identificar as causas profundas do desmatamento, e desenvolve soluções para a exploração madeireira e caça desenfreada que ocorrem, enquanto o IAR reabilita e reintroduz orangotangos resgatados de incêndios, conflitos ou cativeiro na floresta tropical, para criar uma população estável. Com base no feedback que recebemos da comunidade, soluções viáveis são voltadas para a prestação de cuidados de saúde de alta qualidade e intervenções de conservação. Com melhorias de saúde em andamento, a Florestas para o Futuro agora serve para lançar as táticas de intervenção de conservação da parceria.

Começando com a definição de duas parteiras e clínicas móveis mensais em setembro de 2018, nossas iniciativas de saúde visam a eliminar a necessidade das comunidades BBBR de registrar ou caçar ilegalmente para pagar por cuidados de saúde e emergências médicas. O IAR também investiu nas comunidades, fornecendo estratégias alternativas de subsistência, envolvendo as mães locais diretamente em seu trabalho de conservação, contratando-as como carregadores nas viagens de reintrodução intensiva de orangotangos, e forneceu bolsas de estudo para 19 estudantes locais das comunidades de fronteira da floresta para garantir que eles ganhem uma educação de nível médio e superior.

Os fundos levantados pela Florestas para o Futuro apoiarão diretamente a proteção e a reabilitação do habitat da floresta tropical e do orangotango, melhorando a saúde e os rendimentos comunitários. As pessoas que anteriormente recorreram à exploração madeireira serão treinadas na agricultura sustentável para que possam dar uma vida mais segura e ecológica para as suas famílias. Esta formação irá desincentivar a exploração madeireira ilegal e apoiar os esforços de reflorestamento, enquanto os líderes locais, chamados guardiões da floresta, apoiarão suas comunidades para reduzir o desmatamento. Ao longo dos últimos dez meses, a nova equipe médica já viu mais de um terço da população, e uma dúzia de bebês saudáveis foram entregues em uma área que anteriormente tinha extremamente alta mortalidade materna e infantil. O IAR reintroduziu 41 orangotangos no BBBR, que são monitorados de perto pela equipe local, 53 para garantir a aclimatação saudável. Com os fundos levantados pela campanha Florestas para o Futuro, esperam reintroduzir com sucesso e monitorar outros dez orangotangos.

Esta parceria protegerá um dos habitats mais críticos de orangotangos, melhorará a saúde e os rendimentos das comunidades locais que administram esta floresta, e facilitará a regeneração florestal que sequestrará o carbono. É também um passo em direção a um planeta mais saudável.

Dr. Kinari Webb é o fundador da Health in Harmony.

Por Kinari Webb / Tradução de Fátima C G Maciel 

Fonte: One Green Planet

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.