Investigações abertas sobre vídeo chocante de vaca machucada

Investigações abertas sobre vídeo chocante de vaca machucada

ATENÇÃO: Este artigo possui imagens fortes, é aconselhável critério ao assistir.

Tradução de Carla Lorenzatti Venturini

Agências governamentais estão analisando as imagens de um vídeo chocante feito por uma mulher de Londres, que encontrou uma vaca machucada e sangrando em um caminhão que transportava animais.

A ativista animal Amber Gionet fez a descoberta preocupante em 31 de agosto enquanto ia do Aeroporto Internacional Pearson para casa.

Ela havia parado para abastecer em um posto de serviços On Route na região de Cambridge, em torno de uma e meia da manhã, quando avistou o caminhão.

Inglaterra Londres investigacoes video vaca machucada2

Gionet pôde ver na hora que alguma coisa estava errada.

“Eu fui até lá e, antes de tudo, vi que havia uma vaca deitada, e pra mim, elas pareciam vacas leiteiras, elas eram maiores,” ela disse. “Então eu vi a da frente deitada e então percebi que havia muito sangue próximo ao final da carroceria do caminhão.”

Ela decidiu usar a câmera do seu telefone para capturar o que estava vendo, incluindo o sangue incrustado pelo vento na carroceria.

“Eu percebi que uma das vacas estava machucada no final das costas,” Gionet falou. “Já passei algum tempo do lado de fora de caminhões assim em abatedouros, mas você geralmente só pode ficar alguns minutos. Essa situação era um tanto única porque eu estava lá havia quarenta e cinco minutos. Eu tive que ir embora porque fiquei chateada quando vi todo aquele sangue.”

Desde a sua postagem no Facebook, o vídeo foi visto mais de trinta e seis mil vezes (desde a manhã do dia 01) e atraiu a atenção tanto da Agência Canadense de Inspeção Alimentar quanto do Ministério da Agricultura de Ontario.

Ambos os grupos iniciaram as investigações, já que a crueldade animal é proibida por lei.

Qualquer pessoa transportando animais é obrigada por lei a fazê-lo de forma que garanta a segurança física e o bem-estar animal.

Gionet não tem certeza de onde vinha o caminhão ou para onde estava indo, mas viu que ele tinha placas de Manitoba.

Fonte: Talk Radio AM 640


Nota do Olhar Animal: Abreviar a vida destes animais é tão indefensável quanto submetê-los a maus-tratos. 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.