Jaguatirica sobe em árvore e falta de equipamentos impede resgate, em RO

Jaguatirica sobe em árvore e falta de equipamentos impede resgate, em RO

Animal está há mais de 10 horas em árvore que deve ter 25 metros de altura. Órgãos de proteção ambiental esperam que felino desça durante a noite. 

Por Por Franciele do Vale e Ivanete Damasceno

Uma jaguatirica está há mais de 10 horas em cima de uma árvore localizada no Travessão LC-30, área urbana de Monte Negro (RO), município distante 53 quilômetros de Ariquemes. Nesta terça-feira (29), os moradores se depararam com o animal na árvore que deve ter em torno de 25 metros. A jaguatirica está a 15 metros de altura e não pode ser resgatada por falta de equipamentos nos órgãos de proteção ambiental de Rondônia.

De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente de Monte Negro, Marivaldo Pereira, a secretaria não possui equipamentos necessários para resgatar a jaguatirica. Ele afirmou que entrou em contato com diversos órgãos de proteção ao meio ambiente do Estado, mas nenhum possui o recurso para tal ação. “Liguei para inúmeros órgãos do meio ambiente e também para o Corpo de Bombeiros, e ninguém pôde vir resolver o problema. Meu medo é que aconteça algo trágico por conta disso”, contou secretário.

Pereira acredita que o animal seja um filhote de jaguatirica e deve pesar em torno de 30 quilos. No local, há várias residências que ficam próximas ao ipê onde está a jaguatirica. Ele teme que moradores sejam atacados. 

RO montenegro animal3 1No entanto, Renê Luiz de Oliveira, médico veterinário e superintendente do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama), explica que o animal é um felino de hábitos, geralmente, noturnos e não costumam atacar seres humanos. “Esse felino normalmente sobe em árvores para caçar. Nesse caso, ele pode ter subido para se defender. Deve ter sido acuado por cachorros ou mesmo por pessoas”, acredita Oliveira.

O G1 entrou em contato com o Corpo de Bombeiros de Ariquemes (RO), Polícia Ambiental de Candeias do Jamari (RO), a mais próxima de Monte Negro, que informaram não ter equipamentos para resgatar a jaguatirica de cima da árvore.

O superintendente do Ibama acredita que durante a noite o animal desça da árvore. “Se não descer, teremos que buscar alternativas para retirá-lo de lá. Como não temos equipamentos de dardos para sedar, teremos que pedir emprestado de algum estado vizinho”, afirma Oliveira.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.