Jardim da Penha, em Vitória (ES), terá feira de adoção de cães e gatos especiais

Jardim da Penha, em Vitória (ES), terá feira de adoção de cães e gatos especiais
Para adotar um dos animais, é preciso ser maior de 18 anos, possuir RG, CPF e comprovante de residência (Foto: Reprodução)

O Centro de Vigilância em Saúde Ambiental (CVSA) da Prefeitura de Vitória realizará, neste sábado (29), uma edição especial da Feira de Adoção de Cães e Gatos, na praça do EPA de Jardim da Penha, das 9 às 13 horas. Além de vários filhotes de cães, pela primeira vez serão disponibilizados quatro cães especiais, ou seja, com alguma deficiência física, mas que foram recuperados, adaptados e podem levar uma vida normal.  

“A Feira de Adoção vem provar que um animal com deficiência pode ter uma vida normal: muitos deles não precisam sequer de acompanhamento médico por conta da deficiência, e todos são grandes companhias. Sem contar que, na verdade, o preconceito é que é uma deficiência e impede a adoção absoluta de qualquer tipo de animal”, destaca a veterinária Renata Bessa.

Segundo ela, são considerados animais com deficiência todos aqueles que apresentam problemas motores, mentais, renais, amputados, paraplégicos, cegos, que tomam medicações constantes e necessitam de tratamento periódico. Todos os pets estarão castrados, vacinados e vermifugados.

“Apesar da aparência frágil, felizmente, os animais nessas condições se adaptam facilmente. O objetivo é aumentar as chances dos peludos deficientes conquistarem um lar e terem a chance de mostrar o quanto são amáveis e incríveis”, disse Renata.

Conheça alguns dos animais especiais disponíveis para adoção

Toby – raça Shihtzu, macho que faz uso de medicação contínua. Um cão amável, castrado e vacinado.

Pavê – Poodle canino, macho, vacinado e vermifugado. Teve a amputação do membro superior devido a um atropelamento e miíases.

Paquito – Poodle, canino, macho, castrado, vacinado, abandonado com muitas miíases na boca. Hoje, ele se encontra tratado e feliz.

Vitamina – cadela adulta, castrada, vacinada e vermifugada. Chegou ao CVSA com TVT (doença venérea) e sarna. Foi tratada e hoje é uma cadela dócil.

Filhotes de cães de 45 dias – animais com menos de 6 meses têm a castração gratuita garantida pelo Centro de Vigilância em Saúde Ambiental. Todos estão vermifugados.

Critérios para adoção 

Para adotar um dos animais, é preciso ser maior de 18 anos, possuir RG, CPF e comprovante de residência. “Não basta adotar, tem que se conscientizar que o animal será mais um integrante da família, necessitando de amor, atenção, cuidados veterinários e alimentação. Adotar é um ato de amor à vida”, afirmou Renata.

O Centro de Vigilância em Saúde Ambiental (CVSA) funciona na rua São Sebastião, sem número, no bairro Resistência. O centro também funciona como posto de vacinação antirrábica durante o ano todo, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. Também é possível visitar o canil e o gatil durante a semana para adotar um dos animais recolhidos.

Fonte: Folha Vitória 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.