Jornalista salva gatinhos que perderam a mãe no furacão Michael na Flórida, EUA

Jornalista salva gatinhos que perderam a mãe no furacão Michael na Flórida, EUA
Os gatinhos estavam escondidos num teto que desabou. (Foto: Reprodução/Twitter @RobMarciano)

Uma ninhada de gatinhos que vivia escondidos no teto de uma casa em Panama City, na Flórida e foram atingidos pelo furacão Michael foi resgatada pelo jornalista Rob Marciano, da rede de TV norte-americana ABC.

Marciano apareceu na edição do programa Good Morning America (Bom dia América), apresentando os quatros filhotes de gato que foram salvos.

O furacão chegou à região na última quarta-feira (10), por volta das 15h (horário local).

O jornalista explicou que os gatinhos estavam escondidos no teto e a família que vivia na casa não sabia que eles estavam lá.

A família deixou a casa com medo de que ela pudesse cair com os fortes ventos, que atingiram mais de 200 km/h na região.

Por conta dos ventos, o teto caiu.

Quando a família e o jornalista entraram na casa, encontraram os gatinhos entre os destroços na cozinha da casa.

No vídeo, publicado no Twitter pela rede de TV ABC, Marciano afirmou ainda que a mãe dos gatinhos desapareceu e que eles estavam famintos e com frio, à espera de um novo lar.

Veja imagens da passagem do furacão Michael pelos EUA

O furacão Michael atingiu a Flórida nesta quarta-feira (10) e deixou pelo menos duas pessoas mortas. ‘Este furacão foi um monstro absurdo e o estrago que ele deixou ainda levará tempo para ser entendido’, disse o governador da Flórida, Rick Scott.
Centenas de casas e prédio foram destruídas. Estima-se que 830 mil residências e empresas estão sem energia. O governo ainda não sabe dizer o que aconteceu com 830 famílias que se recusaram a deixar as áreas de evacuação obrigatória.(Fotos: Jonathan Bachman / Reuters / 11.10.2018)

Por Beatriz Sanz

Fonte: R7

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.