Jovem é preso suspeito de espancar cachorro a pauladas em Belo Horizonte, MG

Jovem é preso suspeito de espancar cachorro a pauladas em Belo Horizonte, MG
Foto: Arquivo pessoal

Um jovem de 20 anos foi preso, neste sábado (18), suspeito de espancar um cachorro no bairro Céu Azul, na região de Venda Nova. À Polícia Militar, o homem afirmou que estava tentando separar o animal de sua cadela, que estava no cio. Devido às diversas pauladas, o vira-lata foi internado em estado gravíssimo na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Veterinário da UFMG.

“Eu só escutei os gritos na rua e fui ver o que estava acontecendo. É desesperador. Ele (o suspeito) se justificou dizendo que não sabia que era o meu cachorro, mas é inadmissível esse tipo de crueldade, não importa. Eu não sei o que fazer. Agora, é orar, porque o Nanim (cachorro) perdeu muito sangue”, desabafa Melissa Cristini Diniz, 26, tutora do animal. “Eu estou muito chateada, é como se fosse meu filho, é uma tortura com alguém da minha família, estamos há sete anos com ele”, completa a atendente, que está contando com ajuda de voluntários para custear os gastos com o tratamento do animal.

Entenda

Segundo o boletim de ocorrência, o agressor afirmou que cerca de oito cachorros entraram em sua casa para tentar cruzar com a cadela. Para dispersar os cães, ele deu paulada nos animais. Os demais conseguiram fugir, mas o vira-lata caiu no chão e começou a ter convulsões.

O caso foi denunciado pelo deputado federal Fred Costa nas redes sociais. Um boletim de ocorrência foi realizado pela Delegacia Especializada em Investigação de Crimes Contra a Fauna. O suspeito foi encaminhado à Central de Flagrantes 4, no bairro Alípio de Melo, na Pampulha. Segundo a polícia, o homem já tem passagens por tráfico e tentativa de homicídio.

“Quem comete crimes contra animais tem propensão a cometer contra outras pessoas. Uma pessoa que é capaz de fazer isso com uma criatura indefesa, que não tem possibilidade de se defender, é um covarde. Ninguém é obrigado a amar os animais, mas é preciso respeitar. Já se passou o tempo em que a lei era permissiva e existia impunidade”, afirma Fred Costa, autor do projeto de lei que deu origem à Lei Sansão, em vigor desde setembro do ano passado.

Segundo a legislação, maus-tratos é crime previsto na Lei Federal 14.064/2020, e pode levar a pena de dois a cinco anos de prisão, além de multa e proibição de guarda para quem praticar abuso, ferir ou mutilar qualquer animal.

A reportagem entrou em contato com a Polícia Civil na noite deste sábado (18) e aguarda um posicionamento sobre a investigação do caso.

Denuncie. É possível denunciar anonimamente casos de maus-tratos a animais através do telefone 188. O número 190 deve ser acionado em casos de necessidade imediata ou socorro rápido. O boletim de ocorrência pode e deve ser registrado em qualquer delegacia de polícia, inclusive eletronicamente em alguns estados.

Fonte: O Tempo

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.