Jovem que matou gata Xispita é condenado a pagar R$ 20 mil de indenização

Jovem que matou gata Xispita é condenado a pagar R$ 20 mil de indenização
Autor do crime quando foi detido - Crédito: Osvaldo Duarte/Dourados News/Arquivo

Na segunda-feira, 20 de maio, o jovem acusado de maus-tratos e execução da gata “Xispita”, ocorrido em 19 de fevereiro de 2022, na região do Jardim Europa, foi condenado em primeira instância a pagamento de danos morais, em decisão assinada pela juíza Daniela Vieira Tardin.

No documento consta que o autor foi condenado ao “pagamento de danos morais ora arbitrados em R$ 20.000,00 (vinte mil reais), quantia a ser monetariamente corrigida pelo IGPM/FGV do arbitramento e acrescida de juros de 1% (um por cento) ao mês desde o evento danoso”.

Conforme informado pelo Dourados News, imagens gravadas por circuito de segurança de residências do bairro Jardim Europa, na rua Horácio Vicente de Almeida, mostravam o autor desferindo chutes, pisando, arrastando, rodando e jogando o gato para cima.

Na época, o acusado foi detido por policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) e justificou que estaria sob efeito de entorpecentes na noite do crime, alegando arrependimento.

Além disso, defensores dos animais e ONG’s realizaram protestos pela morte da gata Xispita e para pedir justiça para quem maltrata de animais, leis de proteção, locais que ofereça assistência, em casos com o da Xispita.

Por Jessica Beatriz

Fonte: Dourados News