Jovem reciclou pneus velhos e criou caminhas para cães de rua na PB

Jovem reciclou pneus velhos e criou caminhas para cães de rua na PB

Na cidade de Campina Grande – PB, existem muitos animais de rua. As estatísticas assustam, pois são mais de 500% em relação às pessoas desabrigadas.

Os cachorros são os principais – não têm nenhum tipo abrigo ou casa para ficar e acabam vagando pelas ruas sem rumo.

Um artista local resolveu mudar isso. Ele decidiu fazer algo para resolver este grande problema que vem de longa data. Desse modo, de um “simples” vendedor de mercearia, ele se tornou uma grande personalidade conhecida por todos, já está fazendo sucesso no Brasil e até no exterior.

O objetivo de Amarildo Silva Filho, de 23 anos, era dar abrigo a animais de rua e conseguir ao mesmo tempo dar uma contribuição contra desperdício e a poluição ambiental.

Você vai perguntar: como? Ele conseguiu usar pneus velhos e transformar em belas caminhas para os cachorros de rua. Andando pela rua, o jovem percebeu que muitas vezes os cachorros se amontoavam para dormir nos velhos pneus abandonados.

Então ele teve uma a ideia de recolher os pneus dos estacionamentos, lixeiras e ruas. Logo depois de recolher ele limpava, pintava, decorava e depois costurava as almofadas nos pneus para que os cachorrinhos ficassem bem confortáveis nos pneus.

O jovem Amarildo está fazendo um grande favor à sustentabilidade. Está removendo um grande número de pneus usados do meio ambiente, que levariam até 80 anos para se decompor.

O legal é que as novas caminhas para os cachorrinhos de rua são muito confortáveis e únicas: cada uma é decorada de forma criativa e original. Agora o jovem conseguiu conquistar o seu sonho : um verdadeiro artista profissional, que iniciou um negócio rentável e eco-sustentável graças à sua criatividade e amor ao meio ambiente e aos animais.

Seu projeto de reutilização e tão reconhecido que é objeto de aulas nas escolas e durante eventos locais.

Amarildo é um jovem que mostra que todos podem ajudar a mudar uma situação ruim. Ele está conseguindo ajudar o meio ambiente e os cachorrinhos de rua.

Fonte: Portal Amigo Cão via TV Minas

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.