Jovens arrecadam frutas e verduras para animais do Pantanal que enfrentam escassez

Jovens arrecadam frutas e verduras para animais do Pantanal que enfrentam escassez
Fotos: Divulgação/"Notícias Adventistas"

Por conta dos imensos incêndios que acontecem desde julho de 2020 na região do Pantanal, no Mato Grosso, animais da região estão enfrentando séria escassez de alimentos. Como forma de amenizar o problema, o clube de Desbravadores Marechal Rondon, formado por jovens da igreja adventista do Porto, em Cuiabá, se organizou e conseguiu arrecadar mais de 400 quilos de frutas e verduras para alimentar parte da fauna atingida pela tragédia.

Constituído por jovens de diferentes classes sociais, os desbravadores desenvolvem talentos, habilidades e o gosto pela natureza em conjunto. Segundo o site “Notícias Adventistas“, a iniciativa solidária aconteceu no Dia Mundial dos Desbravadores, comemorado em 12 de setembro.

Mais de dois milhões de hectares do Pantanal já foram queimados durante os incêndios dos últimos meses.

“Através de parcerias, coletamos frutas e verduras que seriam descartadas por estarem impróprias para o consumo humano, e doamos para o É o Bicho MT, um grupo de protetores voluntários e defensores da causa animal que está atuando no Pantanal”, explica o coordenador de Desbravadores e Aventureiros para o Estado, Paulo de Tarso.

“Foi uma doação substancial e que revelou o envolvimento da comunidade nas ações em prol do Pantanal. Quanto mais alimentos conseguirmos, mais animais serão ajudados. Ter o apoio dos Desbravadores nos mostra que estamos no caminho certo”, diz a bióloga Andréia Franceschetto, ainda segundo o site dos Desbravadores.

No último sábado (19), as doações foram levadas ao Pantanal. “Entregamos uma parte dos alimentos no Posto de Atendimento a Animais Silvestres do Pantanal (PAEAS Pantanal) e distribuímos a outra parte pela Rodovia Transpantaneira”, completa a bióloga.

“A campanha continua! Vamos seguir arrecadando alimentos e suprimentos necessários para dar suporte a essa força-tarefa que tenta salvar os animais”, diz Paulo de Tarso.

“A população pode, ainda, apoiar o resgate dos animais doando utensílios e medicamentos veterinários, conforme a lista disponível no site do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-MT) ou pela vaquinha virtual organizada pela ONG Ampara Silvestre.”

Fonte: Hypeness

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.