Jovens denunciam maus-tratos a cachorro em Boa Vista, RR

Por volta das 20h30 do domingo, dia 28, duas jovens chamaram a Polícia para averiguar uma ocorrência de maus-tratos contra animal. O local do fato fica na Rua Adail Oliveira Rosa, bairro Alvorada, zona oeste da Capital. Quando chegou ao endereço, a guarnição da Polícia Militar confirmou a veracidade dos fatos.

As denunciantes relataram que o homem teria jogado diversos tijolos no cachorro e depois colocou o animal na rua. As jovens relataram que encontraram o animal em um terreno próximo, sangrando pela boca. Os policiais foram até o cachorro e confirmaram os sinais de maus-tratos, sangramento pela boca, além do fato de um dos olhos estar fora do globo ocular.

As denunciantes também revelaram que não é a primeira vez que o homem faz mal ao cachorro que, por várias vezes, ficou amarrado no quintal sem água e comida durante dias. O animal não foi levado para a Delegacia porque ficou sob a responsabilidade da irmã do suspeito. O homem foi conduzido à Central de Flagrantes do 5º DP para ser ouvido pela autoridade policial, mas não foi flagranteado (sic). Ao fim da oitiva, foi liberado. O caso será investigado pela Polícia Civil.

O artigo 32 da Lei 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais) determina detenção de três meses a um ano e multa a quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos ou realizar experiência dolorosa ou cruel em animal vivo. (J.B)

Por João Barros

Fonte: Folha de Boa Vista

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.