Juiz de Fora (MG) ganha delegacia de proteção aos animais

A delegada regional Sheila Oliveira destacou os serviços prestados pela unidade. “Não atenderemos somente os maus tratos aos animais, mas todos os crimes previstos na lei de crimes ambientais. Pedimos que os protetores frequentem essa unidade, porque vamos precisar muito dessa colaboração. Conforme os resultados aparecerem, mais recursos vão chegar e vamos montar uma grande delegacia para combater todos esses tipos de crimes”, destacou a delegada. 

O chefe do 4º Departamento de Polícia Civil, José Walter da Mota Matos, ressaltou que Juiz de Fora está sendo pioneira em Minas Gerais com a implantação desse núcleo específico de proteção aos animais. “É muito importante, porque representa uma qualificação da Polícia Civil e mais um serviço prestado, uma vez que tínhamos uma demanda por parte das associações de proteção de animais e de toda a sociedade civil”, afirmou o delegado, acrescentando que a unidade irá funcionar com dois investigadores, um escrivão e será chefiada pela delegada Dolores Tambasco. “Também vamos contar com a colaboração das entidades de proteção e com voluntários”, destacou o chefe do 4º Departamento de Polícia Civil.
 
O prefeito Bruno Siqueira afirmou que o tema é de fundamental importância e que a Polícia Civil fez um trabalho exitoso com essa inauguração. “Cada um de nós também contribuiu para essa proteção. Gostaria de parabenizar a todos: todas as ONGs e pessoas que, individualmente, fazem esse trabalho, pois essa corrente fez com que cada um de nós estivéssemos aqui.”
O núcleo de atendimento às ocorrências de maus tratos aos animais funcionará de segunda a sexta-feira, de 8h30 ao meio-dia e das14 às 18h30. 

Fonte: Tribuna de Minas

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.