Jumentos mortos e debilitados são encontrados em fazenda de Pouso Alegre, MG

Jumentos mortos e debilitados são encontrados em fazenda de Pouso Alegre, MG
Fotos enviadas pela PMMA

A Polícia Militar do Meio Ambiente (PMMA), com a ajuda de uma ONG, resgatou oito jumentos que estavam sofrendo maus-tratos em uma fazenda na zona rural de Pouso Alegre, sul de Minas. O caso aconteceu no último sábado (18/5), no bairro Itaim.

Moradores fizeram a denúncia e os policiais foram até a fazenda, onde encontraram dois animais mortos e oito vivos, mas muito debilitados. Segundo a polícia, os jumentos morreram por falta de alimentação e cuidados médicos veterinários; eles já estavam entrando em processo de decomposição.

Já os animais que foram encontrados vivos estavam soltos no pasto e apresentavam magreza, infestação de carrapatos e algumas feridas. A ONG Patas de Anjos, de responsabilidade da protetora Adriana Sula, foi acionada no local e transportou os animais para outro pasto, onde eles receberam comida e cuidados.

Fotos enviadas pela protetora Adriana Sula
Fotos enviadas pela protetora Adriana Sula

Além do laudo veterinário, a polícia resgatou os animais através da Lei nº 22.231, de 20/07/2016, que dispõe sobre a definição de maus-tratos contra animais no Estado. Os autores foram enquadrados no crime previsto no artigo 32 da Lei Federal Nº 9.605, DE 12 DE FEVEREIRO DE 1998.

Segundo a polícia, o proprietário da fazenda não estava no local quando a viatura chegou lá; foi confeccionado auto de infração pelos maus tratos aos animais e o caso repassado para investigação.

Quem quiser denunciar casos de maus-tratos contra animais de grande porte, pode entrar em contato pelo telefone (31) 7193-6612 que a ocorrência é repassada para a Polícia Militar do Meio Ambiente.

Por Iago Almeida

Fonte: Terra do Mandu

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.