Justiça concede liminar para definir futuro de cão em Joinville, SC

Justiça concede liminar para definir futuro de cão em Joinville, SC

Em caso provavelmente inédito na cidade, um cachorro recolhido no Centro do Bem Estar Animal de Joinville tem garantia de uma liminar concedida pela Justiça ao Ministério Público de Santa Catarina para que seja feito estudo para definir seu futuro. O cão “Barão” é agressivo. Ao ser recolhido após entrar em escola no Aventureiro, o cachorro atacou o tratador. No Centro de Bem Estar, se mantém agressivo e precisa ficar isolado para evitar ataques a pessoas e outros animais.

Ao próprio animal é imposta uma “rotina de solidão e de restrições”. Em casos assim, a possibilidade de eutanásia pode passar a ser considerada – a decisão da 2ª Vara da Fazenda Pública registra que a execução não é de interesse do centro, a dificuldade está em operacionalizar a guarda e manutenção do “indócil” cão. Assim, foi determinado na liminar da semana passada que seja um parecer técnico com três profissionais veterinários sobre a possibilidade de ressocialização do animal. A ONG Frada será consultada sobre sugestões para o futuro do Barão. A vereadora Tânia Larson acompanha o caso.

Fonte: NSC Total

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.