Justiça condena idoso que arrastou cadela amarrada na moto, em Minaçu, GO

Justiça condena idoso que arrastou cadela amarrada na moto, em Minaçu, GO
Justiça condena idoso que arrastou cadela amarrada na moto, em Minaçu. Foto: Reprodução.

A Justiça condenou em dois anos de reclusão e pagamento de dez dias-multa um idoso que de 61 por maus-tratos contra uma cachorra. Em abril de 2022, o homem foi flagrando arrastando uma cadela pelo asfalto, em Minaçu, região norte de Goiás.

Na ocasião, um casal que passava pela rua e flagrou a ação, abordou o idoso para que ele soltasse o animal. O homem aproveitou o momento em que a dupla verificava os ferimentos na cadela para fugir do local. O casal levou a cadela para casa e cuidou dos ferimentos.

Após registrarem o caso na delegacia de Minaçu, a polícia localizou o idoso e o indiciou por maus-tratos contra animais. Naquele momento, o delegado responsável, Jarder Bruno, narrou no inquérito que “o homem pegou uma corda e amarrou no pescoço da cadela com o propósito de levá-la ao canil municipal. Segundo ele, o animal estava agressivo e ele não tinha mais condições de cuidar. Durante o trajeto, ele puxou a cadela com a moto por via pública, o que provocou lesões no animal”.

A Justiça condenou em dois anos de reclusão e pagamento de dez dias-multa um idoso que de 61 por maus-tratos contra uma cachorra. Em abril de 2022, o homem foi flagrando arrastando uma cadela pelo asfalto, em Minaçu, região Norte de Goiás.

Na ocasião, um casal que passava pela rua e flagrou a ação, abordou o idoso para que ele soltasse o animal. O homem aproveitou o momento em que a dupla verificava os ferimentos na cadela para fugir do local. O casal levou a cadela para casa e cuidou dos ferimentos.

Após registrarem o caso na delegacia de Minaçu, a polícia localizou o idoso e o indiciou por maus-tratos contra animais. Naquele momento, o delegado responsável, Jarder Bruno, narrou no inquérito que “o homem pegou uma corda e amarrou no pescoço da cadela com o propósito de levá-la ao canil municipal. Segundo ele, o animal estava agressivo e ele não tinha mais condições de cuidar. Durante o trajeto, ele puxou a cadela com a moto por via pública, o que provocou lesões no animal”.

Por Francisco Costa

Fonte: Mais Goiás

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.