Leão abandonado por circo em MT após morte da mãe será levado a SP

Leão abandonado por circo em MT após morte da mãe será levado a SP

Animal foi amparado por associação, mas vive em espaço pequeno. ‘Gulliet’ foi abandonado em Barra do Garças faz cinco meses.

sp cotia leaoabandonado1

Um leão macho de 18 anos, batizado de Gulliet, que pertencia a um circo no município de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, deve ser transferido para uma associação localizada em Cotia (SP), na próxima quinta-feira (14). Ele foi abandonado em novembro do ano passado pelos tutores circenses e desde então está sob os cuidados da Associação Amigos dos Animais.

A transferência do animal foi acordada entre o Ministério Público Estadual (MPE) e representantes da associação, em uma reunião realizada no no último dia 8 de maio, na Promotoria de Justiça de Barra do Garças. A Associação Santuário Ecológico Rancho dos Gnomos, para onde o Leão será levado, possui melhor estrutura para abrigá-lo e já atua há 24 anos no atendimento a animais silvestres.

Apesar de o MPE alegar falta de estrutura, um espaço de 400 metros quadrados foi construído exclusivamente para abrigar Gulliet, de acordo com a veterinária da associação, Regiane Monch de Assumpção Costa. “Para recebê-lo,fizemos algumas adequações, como a construção de um espaço cercado por um muro de 4 metros de altura. O leão fica nesse local isolado dos outros animais, pelo seu porte”, disse.

Segundo a veterinária, ele foi abandonado pelo circo após a morte da mãe dele. Gulliet participava de um número com a mãe desde que nasceu e, com a morte da mãe, não tinha mais utilidade, pois não era possível mais fazer o espetáculo.

“Durante os 6 meses em que o animal ficou sob os cuidados da associação, ele ganhou peso e está saudável para realizar essa longa transferência”, informou a veterinária. Para a transferência, uma estrutura especial deve ser montada. A associação, que deverá receber o leão, abriga outros 20 leões e possui uma estrutura adequada para a vida de animais desse porte.

A associação informou que os responsáveis pelo transporte já estão a caminho de Barra do Garças. O leão será levado em um caminhão adaptado e a previsão é que ele chegue no Rancho até o próximo sábado (16).

Já a Associação Amigos dos Animais, criada em 2003, cuida de animais silvestres feridos e depois os devolve para a natureza. Com passar do tempo, passou a cuidar também de animais domésticos.

Fonte: G1 

Nota do Olhar Animal: Aproveitamos a notícia para relembrar que o Rancho dos Gnomos, para onde será levado o leão Gulliet, está em campanha de captação de recursos para adquirir uma área e possa se estabelecer em outra cidade. O local onde se encontra desde sua criação, há 24 anos, tornou-se área urbana e hoje é inviável manter os animais ali. A cidade avançou e o Rancho fica atualmente em meio a residências. A área escolhida fica em Minas Gerais. Saiba mais sobre a campanha do Rancho dos Gnomos e colabore CLICANDO AQUI. É um trabalho importantíssimo pelos animais e conta com nosso apoio.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.