Leão ataca dois cuidadores no Japão

Leão ataca dois cuidadores em empresa que aluga animais no Japão

Dois cuidadores de uma companhia de ‘produção animal’ em Chiba, no Japão, foram atacados e seriamente feridos por um leão usado para filmagens no último dia 23.
A mídia local reportou que uma mulher não identificada de meia idade e um homem na faixa de 20 anos de idade levaram mordidas em seus rostos, cabeças e pernas enquanto davam banho em um leão de propriedade da Shonan Animal Production, uma companhia que aluga animais para projetos de produções de televisão e filmes.

De acordo com a polícia, o leão macho de 10 anos de idade estava acorrentado dentro de uma jaula enquanto três cuidadores tratavam dele para uma gravação, quando ele repentinamente se tornou agressivo.

O website da companhia mostra que é certificada pela prefeitura para criar ‘animais perigosos’, e o jornal NHK reportou que a companhia tinha 15 leões sob seus cuidados até setembro do ano passado.

Mas a polícia e os oficiais de saúde da prefeitura estão investigando se houve ou não qualquer abuso aos direitos dos animais ou negligência da gerência.

“Nós iremos direcionar a companhia adequadamente se um problema aparecer baseado na lei dos direitos dos animais”, disse Hideki Maruyama, chefe do departamento de higiene do Inba Health and Welfare Center, antes de entrar na instalação.

A Shonan Animal Production não estava disponível para comentários.

A companhia tem um total de 400 espécies de animais usados para comerciais e shows de TV, de acordo com a mídia japonesa.

Por Lion mauls two handlers in Japan / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: Chanel News Asia 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.