Legisladores aprovam a ‘Lei de Tommie’ para fazer com que crueldade contra animais seja crime na Virgínia, EUA

Legisladores aprovam a ‘Lei de Tommie’ para fazer com que crueldade contra animais seja crime na Virgínia, EUA

Dez dias depois de um pit bull chamado Tommie ser amarrado a um poste e incendiado em Abner Clay Park, em Richmond, a Assembleia da Virgínia aprovou uma lei que endureceria a pena por crueldade contra animais. Embora o projeto seja baseado em outro caso de crueldade contra animais, alguns o apelidaram de “Lei de Tommie”.

A lei do senador Bill DeSteph (Republicano de Virginia Beach) eleva a pena de “espancar, aleijar, mutilar ou matar um cachorro ou gato com crueldade ou sem necessidade” a crime.

Sob a lei atual, o animal deve morrer como resultado direto da tortura ou lesão desumana antes que um suspeito enfrente uma acusação criminal.

O senador DeSteph disse que trabalha na lei há três anos, depois que um cachorro chamado Sugar foi atacado com um facão em Virginia Beach.

“Deve ser citado em cada um desses casos”, disse DeSteph. “O crime coincide com a pena. Não se o cão vive ou morre, o ato de ferir ou torturar um cão com maldade é o crime.”

Tommie foi amarrado a uma cerca no Abner Clay Park, em Richmond, no domingo, 10 de fevereiro, embebido em combustível e incendiado.

Ele viveu por mais cinco dias antes de morrer, como a organização Richmond Animal Care and Control (RACC) anunciou sua morte em uma publicação no Facebook, “seu corpo simplesmente falhou” e ele parou de respirar.

“Eles não poderiam acusá-lo de crime até que Tommie falecesse, o que é uma coisa horrível. O ato em si é a coisa horrível também. O ato em si deve ser o delito, não o resultado”, disse DeSteph.

A busca pela pessoa que queimou Tommie continuou em Richmond.

Memoriais em ambos Abner Clay Park e RACC continuam a crescer. Durante toda a semana, os partidários de Tommie podem parar no RACC em Chamberlayne Avenue para prestar suas homenagens e deixar doações em nome de Tommie.

“Alguém que tenha um coração para incendiar um cachorro, é como incendiar o corpo de um ser humano”, disse Jamilah Jones, que parou no RACC para mostrar o amor a Tommie.

Jones não estava ciente de que os casos de crueldade contra animais são punidos apenas por uma contravenção se o animal sobrevive. Ela está feliz que o estado da Virgínia provavelmente endurecerá a penalidade.

“Tommie abriu muitas portas para esses animais agora. Ele abriu muitos olhos”, disse Jones. “Por que continuar perdendo animais porque os outros querem ser rudes com eles?”

O projeto de lei de crueldade contra animais foi aprovado pela Câmara dos Deputados por unanimidade na quarta-feira. Ele passou pelas duas câmaras sem um voto contra. Agora, o projeto de lei segue para a mesa do governador, e DeSteph disse que espera que o governador Ralph Northam (Democrata da Virginia) o apoie.

💔🐕🐈The Virginia House of Delegates has passed a bill some have dubbed "Tommie's Law."💔🐕🐈That bill makes maiming an…

Julkaissut WTVR CBS 6 News Keskiviikkona 20. helmikuuta 2019

Tradução de Maria Leticia Guerra Machado Coelho

Fonte: WTVR

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.