SP taboaodaserra upload 12520 thumb

Leoa será transferida de zoo para santuário em até 10 dias

Por Rose Santana 

Leoa Helga deverá ser transferida do Parque das Hortênsias, Taboão da Serra (SP) para a Associação Mata Ciliar, em Jundiaí, no máximo em 15 dias. De acordo com o vice-prefeito e secretário de Cultura, Laércio Lopes, a felina ‘já se adaptou’ à caixa de transferência.

“A Helga já se alimenta dentro da caixa. Ela está adaptada e podemos realizar a transferência”, comentou Lopes. 

SP taboaodaserra upload 12520 1

Ainda de acordo com Lopes, a veterinária e coordenadora da fauna da Associação Mata Ciliar Cristina Harumi Adania, solicitou um prazo entre 7 e 10 dias, para realizar a transferência.

“A dra. Cristina está com um problema com um leão em Sorocaba, ela me ligou e pediu para que adiássemos a transferência da Helga, por uma questão de censo, aceitei. No máximo até o início da próxima semana a leão deve deixar o parque”, relatou o secretário.

A leoa deverá ficar na Associação Mata Ciliar, até o final da reforma do Parque das Hortênsias, que deve durar cerca de um ano. Após esse período, “se ela estiver saudável”, voltará para o zoológico em Taboão da Serra.

Reforma

De acordo com Lopes, a reforma do playground já está praticamente pronta. ”Já colocamos a grama sintética e três equipamentos [brinquedos] para as crianças, vamos instalar mais dois. Acredito que, no máximo, em uma semana a obra [no playground] já estará concluída”, disse.

Também já estão praticamente concluídas a colocação do gradil e a construção dos muros. “O próximo passo é mexer nos recintos, estamos esperando a autorização do Departamento de Fauna (DeFau), que já está pra sair”, declarou o secretário.

Durante a reforma do parque outros animais, como os macacos-prego e as aves de rapina também serão transferidos provisoriamente.

Fonte: Portal O Taboanense

Nota do Olhar Animal: Este, como todos os zoos, deveria ser fechado ou transformado em santuário, que abrigasse, cuidadesse e, quando possível, reintroduzisse os animais em seu habitat. A exploração comercial dos animais é o principal foco de atuação de zoos, disfarçada por discursos sobre finalidades “educativas” ou “conservacionistas”. E invariavelmente causam danos a eles.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.