"Let it beee". Na Páscoa escolha a vida e troque seu menu!

“Let it beee”. Na Páscoa escolha a vida e troque seu menu!

“LET IT BEEE – Deixe-os viver, troque seu menu!” é o slogan com o qual a LAV (Liga Anti Vivissecção) reuniu em várias praças italianas, neste sábado 1º de abril, a voluntários e simpatizantes para um flash mob dançante para atrair a atenção dos cidadãos com vibração cor e musica, e informá-los do triste destino reservado para pequenos ovinos e caprinos, e a oportunidade de repensar seus hábitos a mesa deixando os animais livres para viver em paz.

A imagem símbolo do evento é um cordeirinho que corre despreocupado no campo. A mensagem ao mesmo tempo relembra o som das ovelhinhas e cabritinhos do título da conhecidíssima canção dos Beatles ‘Let It Be’, que eles pretendem que seja um forte estímulo para que os animais possam viver uma vida longa e feliz, longe de nossos pratos. As camisetas usadas pelos participantes do flash mob, os grandes cartazes com o slogan e os inúmeros folhetos distribuídos aos presentes transmitem uma mensagem positiva e colorida: um animal cheio de vida em contraste com a trágica realidade de muitos de seus semelhantes.

Em 2016 foram abatidos quase 2 milhões e meio de ovinos e caprinos (dados do Istat), muitos deles para celebrar a Pascoa e outras festividades. A sequência repete-se a cada ano, os pequenos de poucas semanas são separados de suas mães, carregados em caminhões e transportados em condições dramáticas. Uma vez no destino, aguardam aterrorizados a sua vez, ouvem os gritos dos companheiros, os vêm morrer, imersos pelo cheiro forte de sangue.  Três minutos de agonia antes de sangrar até a morte: sua garganta é cortada, muitas vezes quando ainda estão conscientes porque o amortecimento (desfalecimento?), obrigatório por lei, não foi praticado.

“Um horror reiterado que não pode encontrar a justificativa na mera tradição. A LAV quer contribuir, sensibilizando as pessoas, para que abandonem este hábito, porque a alternativa para este repetido sacrifício animal – e a todos os hábitos alimentares cruéis – existe, e é fácil e muito mais coerente com as celebrações do renascimento da Pascoa  do que pode ser um prato de carne, que nesta época costumam ser um assado de cordeiro ou cabrito!”, comentou Paola Segurini, responsável da LAV na Área Escolha Vegan.

Com a iniciativa LET IT BEEE, a LAV convida para a escolha de uma Pascoa livre de crueldade, cheia de boas receitas veganas e de cordeiros felizes, livres para continuarem a balir, e nos convida a considerar a oportunidade de mudar o cardápio, movendo em direção a uma alimentação consciente e boa com todos os seres vivos.

Descubra o MENU DI PASQUA em cambiamenu.it (http://cambiamenu.it/menu/w-la-pasqua-vegan)

Tradução de Flavia Luchetti

Fonte: Quotidiano Net

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.